Professores da rede estadual terão curso sobre educação especial inclusiva

Prazo para inscrições vai até domingo, 27 de outubro; serão disponibilizadas 1.600 vagas para a formação, que terá início em fevereiro de 2014

qui, 24/10/2013 - 14h29 | Do Portal do Governo

Os educadores da rede estadual interessados em participar dos cursos de Educação Especial e Inclusiva podem se inscrever até o próximo domingo, dia 27. A formação tem o objetivo de orientar os profissionais da Educação sobre a inclusão de alunos com necessidades especiais à vida escolar e à sociedade.

Clique aqui para se inscrever

Clique aqui para conferir o regulamento

Serão disponibilizadas 1.600 vagas para o curso semipresencial. Dessas, 1.000 serão voltadas para a formação de gestores e professores no curso de “Especialização em Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva”, com carga horária de 444h.

As outras 600 vagas serão voltadas para docentes e professores coordenadores de núcleos pedagógicos. Serão seis cursos nas áreas de deficiência auditiva, visual, física, intelectual, transtorno global do desenvolvimento ou altas habilidades, com carga horária de 686h.

Todos aqueles que realizaram a pré-inscrição em 2011 e foram classificados em primeira chamada terão prioridade e garantia de vaga, desde que se inscrevam no mesmo curso selecionado naquele ano. Os demais inscritos serão classificados por ordem de inscrição.

A formação, que tem início no dia 5 de fevereiro de 2014, é oferecida pela Secretaria da Educação, por meio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores (EFAP). O curso conta com a participação do Centro de Apoio Pedagógico Especializado (CAPE) e faz parte do programa REDEFOR, uma parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Programa REDEFOR

O programa REDEFOR, criado pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em parceria com o governo estadual e universidades públicas, oferece diversos cursos gratuitos de pós-graduação aos docentes da rede estadual, atuando na capacitação de professores que desejam se especializar.

Três grandes faculdades estão envolvidas neste projeto: USP, UNESP e Unicamp. Acesse o site.

Da Secretaria da Educação