Fundo Social entrega cobertores novos para acolhidos da Missão Belém

Doação vai beneficiar pessoas em situação de rua atendidas em 170 Casas de Acolhida do movimento religioso em todo o estado

sex, 05/06/2020 - 18h17 | Do Portal do Governo

Entrega de cobertores pela presidente do Fundo Social de São Paulo

A presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, e a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, fizeram nesta sexta-feira (5) a entrega de cobertores novos para 150 pessoas em situação de rua da Casa de Acolhida da Missão Belém, no centro da capital. A doação integra a Campanha Inverno Solidário do Governo do Estado.

Veja também
Guia de prevenção sobre o novo coronavírus
Perguntas e respostas: tire suas dúvidas sobre a doença
As medidas adotadas pelo Governo de SP para o combate ao coronavírus

Essa foi a primeira entrega do total de 2,3 mil cobertores que serão distribuídos a 170 Casas da Missão Belém em todo o estado. “Iniciamos aqui em São Paulo a Campanha Inverno Solidário. Queremos pedir a você que seja solidário. Agora entramos no frio, vamos ajudar as pessoas que estão sem casa e abrigo com agasalho e cobertor novo. Neste ano, por conta do vírus, não podemos aceitar roupas usadas”, disse Bia Doria.

As peças foram doadas ao Fundo por meio de ação promovida pela plataforma AME Digital e Instituto Juntos Somos Mais Solidários, em uma live beneficente em maio, com as cantoras Simone e Simaria.

A Campanha Inverno Solidário arrecadará cobertores novos até o dia 22 de setembro em estabelecimentos parceiros nos 645 municípios de São Paulo. As doações serão destinadas a moradores de rua, hospitais de campanha e centros de acolhida.

Mais informações sobre como participar e os endereços dos pontos de coleta estarão no site www.invernosolidario.sp.gov.br.

Sobre a Missão Belém

Iniciada há 15 anos e atualmente conduzida pelo Padre Gianpietro Carraro e pela Irmã Cacilda Leste, o movimento religioso Missão Belém mantém 180 casas de acolhida no Brasil e no exterior, que abrigam mais de 2,3 mil ex-moradores de rua. O projeto já acolheu mais de 70 mil pessoas em situação de rua.