USP: Seminário apresenta a evolução do teatro desde as tragédias gregas

Evento ocorre de 24 de maio a 5 de julho no Cinusp e de 28 de maio a 27 de junho no Centro Cultural Maria Antonia

qui, 22/05/2003 - 11h05 | Do Portal do Governo

Termina nesta quinta-feira, dia 22, o prazo para inscrever no Seminário de Dramaturgia: Teatro, Cinema e Televisão. A inscrição deve ser feita no Cinusp Paulo Emílio, na Rua do Anfiteatro, 181 – Favo 37 – Colméias – Cidade Universitária , em São Paulo, ou pelo telefone (11) 3091-3152 ou ainda pelo e-mail contato@educine.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 550,00. Ex-alunos, grupos e a classe teatral terão descontos e o pagamento poderá ser feito em duas parcelas.

O evento ocorre de 24 de maio a 5 de julho no Cinusp e de 28 de maio a 27 de junho, no Centro Cultural Maria Antonia, na Rua Maria Antonia, 294, em São Paulo. Entre outros temas, dramaturgos e pesquisadores contarão em nove aulas o surgimento do teatro grego e suas manifestações; o panorama da obra de William Shakespeare; a análise estética de Denis Diderot; a história do Teatro de Revista no Brasil; a relação da obra de Bertolt Brecht com o teatro épico brasileiro; a dramaturgia de Nelson Rodrigues.

A coordenação geral do evento será da professora Maria Dora Mourão e direção pedagógica do professor Newton Cannito. Será uma realização conjunta entre o Cinusp Paulo Emílio e a Associação Cultura e Cinema (Educine). Entre os conferencistas, haverá nomes de gente famosa do teatro, cinema e televisão, como Lauro César Muniz, Walcyr Carrasco, Ismail Xavier, Márcio Marciano e Sérgio Carvalho.

Conferencistas de peso

Lauro César Muniz é autor de novelas. Escreveu Ninguém crê em mim, para a extinta TV Excelsior; A escalada, O casarão, Os gigantes e Um sonho a mais (Rede Globo). Atualmente, faz parte da direção da Associação de Roteiristas de TV. Walcyr Carrasco é cronista de revistas, dramaturgo e também escritor de novelas. É autor de A padroeira, O cravo e a rosa (ambas pela Rede Globo) e Xica da Silva (antiga TV Manchete). No momento, escreve a série Sítio do Pica-Pau Amarelo, programa infantil da Globo e recentemente substituiu Benedito Ruy Barbosa na novela Esperança, na mesma emissora.
Ismail Xavier, professor da Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA), é crítico de cinema e autor de livros sobre o tema. Escreveu O cinema brasileiro moderno, Alegorias do subdesenvolvimento (Cinema Novo, Tropicalismo, cinema marginal), Sertão Mar: Gláuber Rocha e a estética da fome, O discurso cinematográfico: opacidade e transparência.

O dramaturgo e diretor teatral Márcio Marciano é um dos fundadores com Sérgio de Carvalho, da famosa Companhia do Latão. É formado em Artes Cênicas pela ECA, escreveu e dirigiu as peças Ensaio sobre o latão, O nome do sujeito e A comédia do trabalho. A Companhia do Latão é uma trupe de artistas que faz teatro inspirada no trabalho do dramaturgo alemão Bertolt Brecht.

SERVIÇO

Telefone do Educine: (11) 3091-3152
e-mail: contato@educine.org.br
www.educine.org.br
Programação

1 – Teatro Grego (com Antonio Medina Rodrigues)
2 – Shakespeare (Maria Silvia Betti)
3 – Diderot e as origens do melodrama (Luis Fernando Franklin de Mattos)
4 – Alternativas do teatro popular, o Teatro de Revista brasileiro (Neyde Veneziano)
5 – Brecht e o teatro épico brasileiro (Marcio Marciano e Sérgio Carvalho)
6 – Introdução à comédia (Vila Areas)
7 – Dramaturgia de Nelson Rodrigues: Teatro e adaptação para cinema (Ismail Xavier)
8 – Orson Welles: Teatro, política e cinema (Iná Camargo Costa)
9 – Teatro de vanguardas históricas (Silvana Garcia)

Da Agência Imprensa Oficial

(AM)