USP: Campus de Bauru debate dificuldade de ingestão em encontro internacional

Evento começa nesta quarta-feira, dia 21

qua, 21/05/2003 - 12h17 | Do Portal do Governo

O Hospital Centrinho da USP de Bauru realiza, desta quarta-feira, dia 21, até sábado, dia 24, o II Encontro Internacional de Disfagia e o I Encontro Nacional de Nutrição. A importância de se discutir a disfagia – dificuldade de engolir – é que esse problema é sintoma de doenças como câncer, malformações congênitas, deficiências neurológicas e traumas diversos.

Estarão em debate temas como a alimentação ideal para crianças no primeiro ano de vida, distúrbios da deglutição (processo de passagem do alimento da boca para o esôfago via faringe) na infância e avaliação clínica da população pediátrica. Aspectos relacionados aos idosos, como as conseqüências do envelhecimento e sua interferência na deglutição, também serão discutidos.

‘É preciso ter claro que a disfagia é um sintoma diante de quadros como o câncer de cabeça e pescoço, acidente vascular encefálico, malformações congênitas craniofaciais, deficiências neurológicas congênitas ou adquiridas e outros. A prevenção está diretamente associada à precaução dessas patologias’, informa a fonoaudióloga e mestre em ciências médicas pela Unicamp, Izabel Botelho.

Faltam soluções definitivas

No Brasil, não há pesquisas a respeito da incidência do problema. ‘De qualquer forma, em todo o mundo estudos tentam encontrar soluções definitivas para a disfagia desde a primeira infância’, comenta a nutricionista e doutora em pediatria pela Unesp de Botucatu, Suely Prieto Peres. ‘É a partir do contato com outros profissionais que surgem alternativas para que a gente possa atender às expectativas dos nossos pacientes.’

O coordenador do departamento de disfagia pediátrica, Robert Beecher, vai proferir conferências sobre estratégias terapêuticas para o tratamento das disfagias pediátricas, tratamento da aspiração durante a infância e avaliação clínica e instrumental da deglutição.

Entre os palestrantes convidados estarão, também, profissionais de onze centros médicos que irão a Bauru para tratar de assuntos de interesse de fonoaudiólogos, nutrólogos, pediatras, geriatras, otorrinolaringologistas, gastroenterólogos, fisioterapeutas, enfermeiros e pesquisadores em geral.

SERVIÇO
O evento será no auditório do centro odontológico do Hospital Centrinho da USP, de Bauru. Informações e inscrições no serviço de nutrição do hospital, pelo telefone (14) 235-8440 ou pela internet: www.centrinho.usp.br (clicar em eventos e depois em disfagia).

Da Agência Imprensa Oficial e Assessoria de Imprensa do Centrinho-USP

(AM)