Tecnologia: Fapesp realiza parceria para seqüenciamento genético do eucalipto

nd

sex, 30/11/2001 - 15h30 | Do Portal do Governo

Nesta segunda-feira, dia 3, a partir das 10 horas, será anunciada na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, Fapesp, a formação de um consórcio entre as empresas Votorantim, Ripasa, Suzano e Duratex para o financiamento de parte do projeto ForESTs: Eucalyptus Genome Sequencing Project Consortium, de seqüenciamento do genoma de árvores de eucalipto, que está sendo realizado pelo projeto Genomas Agronômicos e Ambientais (Agronomical and Environmental Genomes – AEG), da Fapesp.

O projeto será desenvolvido no âmbito do programa Parceria para Inovação Tecnológica (Pite), da Fapesp. O objetivo é decifrar a origem dos problemas que comprometem o desenvolvimento do eucalipto por meio da análise funcional dos genes da madeira, raízes, folhas e flores da planta.

O eucalipto é utilizado pelas indústrias de polpa, papel e celulose desde a década de 40 e está perfeitamente adaptado às condições climáticas brasileiras.

A indústria florestal que utiliza o eucalipto como matéria-prima representa cerca de 4% do Produto Interno Bruto, 8% das exportações brasileiras e emprega aproximadamente 150 mil pessoas.

Atualmente, o Brasil é o maior produtor mundial de polpa e papel de eucalipto e os produtos nacionais ganharam padrão internacional de qualidade. As empresas que integram o consórcio acreditam que a biologia molecular é a ferramenta que pode acelerar o processo de conquista de novos mercados.
 

FORESTs: Eucalyptus Genome Sequencing Project Consortium
Local: sede da Fapesp, Rua Pio XI, 1.500, Alto da Lapa
Data: 3 de dezembro
Horário: meio-dia