Teatro: Memorial da América Latina oferece programação infantil grátis

Público poderá conferir domingo, dia 13, a peça 'Histórias do baú'

sex, 11/04/2003 - 8h38 | Do Portal do Governo

No próximo domingo, dia 13, os visitantes do Memorial da América Latina podem conferir, além do acervo permanente, a peça teatral ‘Histórias do baú’, a partir das 11 horas. Na quinzena seguinte, dia 27, no mesmo horário, ‘O fantástico mistério de Feiurinha’ e no dia 28, às 20 horas, a peça será ‘O Guarani’. As apresentações teatrais serão encenadas no Auditório Simón Bolívar, com acesso pelo portão 13, a 300 metros da Estação Barra Funda do Metrô.

Em ‘Histórias do baú’, o ator Amauri Alves lança mão de técnicas de teatro de sombras e de animação para contar histórias como “Em busca da terra do queijo” (aventura de ratos marinheiros que se lançam ao mar em busca do ‘Reino da fartura’) e “Os três porquinhos”. Amauri é responsável pelo texto e pela direção.
Na peça ‘O fantástico mistério de Feiurinha’, Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel e Chapeuzinho Vermelho se encontram e, juntas, tentam desvendar o sumiço de Feiurinha, menina criada pelas bruxas Ruim, Malvada e Pior. O texto é de Pedro Bandeira, com direção de Guilhermino Domiciano.

Em ‘O Guarani”, volta-se aos tempos do Brasil Colônia: às margens do rio Paquequer, na região do Crato (CE), surge o romance entre a filha de um fidalgo português, Ceci, e o índio aimoré Peri. A obra de José de Alencar (1829-1877), uma das mais populares da literatura histórica e indigenista nacional, foi montada pelo Grupo Ria, com direção de José Paulo Rosa.

Conheça o Memorial

O Memorial da América Latina, projetado por Oscar Niemeyer, é dos mais modernos centros culturais da cidade de São Paulo. O conjunto de edifícios instalado numa área de 78 mil metros quadrados abriga um complexo de informações sobre a cultura do continente latino-americano.

O Pavilhão da Criatividade, destinado à produção artesanal, está em exposição permanente. Já a história está reunida na Biblioteca das Américas, uma área especializada que conta com sala de leitura e hemeroteca. No acervo há, também, documentação de música erudita, música popular brasileira e hispano-americana, com cerca de mil horas de gravação. Na filmoteca, estão disponíveis 1,2 mil filmes, incluindo ficção e documentários.

O auditório do Memorial, destinado a espetáculos musicais, apresentações de dança, teatro, congressos e convenções, possui capacidade para 1.679 pessoas. Há ainda o Salão de Atos, onde estão expostos painéis pintados por grandes artistas do continente.

SERVIÇO

Memorial da América Latina – www.memorial.org.br
Correio eletrônico – csocial@memorial.org.br
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Metrô Barra Funda
Entrada franca. terça-feira a domingo, das 9 às 18 horas.
Telefone (11) 3823-4747 – agendamento de visitas

(AM)