Saúde: Casos de dengue caem 51% no Estado

Secretaria convoca população a manter cuidados, apesar da queda significativa

ter, 13/01/2004 - 11h19 | Do Portal do Governo

O Estado de São Paulo encerrou o ano de 2003 com uma boa notícia. Levantamento da Secretaria de Estado da Saúde apurou 20.301 casos da doença no ano passado, uma queda vertiginosa de 51,7% em relação a 2002, quando 42.058 pessoas contraíram dengue.

A Dengue hemorrágica,forma mais grave da doença, também apresentou diminuição. Foram 22 casos e um óbito (no município de Itapevi) em 2003, contra 31 ocorrências e cinco mortes no ano anterior.

‘É, sem dúvida, uma vitória sem precedentes, mas a batalha continua, pois não se pode baixar as guardas contra a Dengue’, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Para a Secretaria, 2004 será um ano decisivo para o efetivo controle da doença no Estado. Na primeira quinzena de março será realizada uma versão estadual do ‘Dia D’ de combate ao Aedes Aegypt, mosquito transmissor da doença. Em parceria com os municípios, agentes de saúde deverão percorrer domicílios, orientando a população e identificando possíveis focos. Também estão previstas ações em escolas, parques e estações de trem.

O Estado mantém 182 agentes de saúde. Outras 500 pessoas de frentes de trabalho podem ser contratadas para auxiliar no combate à doença. A distribuição gratuita de toucas para caixas d’água é realizada constantemente.

Entre novembro e dezembro de 2003, a Secretaria promoveu a distribuição, na rede estadual de ensino, de seis milhões de exemplares do gibi da Turma da Mônica, com dicas de prevenção à criançada, dentro da campanha ‘Agentes Mirins de Combate à Dengue’.

‘O apoio do cidadão, cada qual cuidando de seu espaço, é fundamental para eliminar os focos do Aedes Aegypti no Estado’, ressaltou Barradas.

Da Secretaria da Saúde

M.J.