Mostra: Metrô e Museu de Arte Sacra prorrogam exposição de quatro presépios até o dia 31

Continua também o desconto de 75% aos interessados em visitar todo o acervo do Museu

ter, 13/01/2004 - 15h23 | Do Portal do Governo

Em função do enorme sucesso, a exposição de quatro presépios do acervo do Museu de Arte Sacra (MAS), na estação Tiradentes do Metrô, permanecerá aberta à visitação pública até o dia 31 de janeiro.

Continua também o desconto de 75% aos interessados em visitar todo o acervo do Museu de Arte Sacra. Até o final de janeiro, os ingressos, que custam R$ 4,00, saem por apenas R$ 1,00 para quem utilizar o Metrô como meio de transporte, pois os cupons de desconto estão sendo distribuídos por monitores do MAS na Estação Tiradentes após a passagem pela linha de bloqueios, de terça a domingo das 11h às 19h.

Na estação, estão expostos os seguintes presépios: um de 15 peças em barro cozido e policromado, título e autor desconhecidos, originário de Caruaru (PE); o Presépio de Nazaré, com 65 peças feitas por Elizabeth da Silva Medeiros, Teresina (PI); também sem título, um exemplar de 50 peças de mestre Vitalino (Vitalino Pereira dos Santos), Caruaru (PE), e, um conjunto de 31 peças, feito por Maria Carolina Delfort, do Rio de Janeiro.

Além das peças, o Espaço Metrô Tiradentes de Arte Sacra mostra aos usuários painéis explicativos referentes ao Presépio Napolitano, que conta com 1.620 peças reproduzindo a noite do nascimento do menino Jesus em uma vila italiana do século XVIII.

Serviço

Exposição de Presépios do Museu de Arte Sacra na Estação Tiradentes do Metrô, até 31/01/2004, no horário de funcionamento da estação: 4h40 / 00h28

MUSEU DE ARTE SACRA

Av. Tiradentes, 676, Luz (Estação Tiradentes do Metrô) Tel.: (11) 3326-1373, 3326-5393).
De terça a domingo, das 11h às 19h, até 31/01/2004
*Ingressos: R$ 1,00 (c/ cupom de desconto distribuído aos usuários do Metrô na Estação Tiradentes) Preço normal: R$ 4,00 e R$ 2,00 (½ entrada) *Idosos (acima de 65 anos) e crianças (até 7 anos) não pagam ingressos. Bilheteria: vendas até meia hora antes do fechamento do museu.

Da Assessoria de Imprensa do Metrô

(AM)