Luto oficial em São Paulo por morte de professores em acidente

nd

sáb, 18/08/2001 - 11h29 | Do Portal do Governo

O governador Geraldo Alckmin decretou luto oficial no Estado de São Paulo por um dia, neste sábado, dia 18, pelo falecimento de 11 professoras da rede estadual de ensino em acidente de trânsito ocorrido na Rodovia Anhanguera na noite de ontem, quinta-feira, dia 16.

Todas as professoras faziam parte da rede de ensino de Sumaré e Hortolândia e na ocasião se dirigiam ao Cefam Padre Ismael Simões, em Campinas, onde cursavam o Programa de Educação Continuada – Formação Universitária, curso de habilitação de nível superior oferecido pelo Governo do Estado.

As vítimas foram as profas. Sônia Maria Maschio Baptista, da EE Profa. Maria Rosa Carolino dos Santos – município de Sumaré; Cristina Raimundini Vasconcelos, Marlene Aparecida Paredes, Odete Faustino da Silva e Sandra Angélica Bazan, da EE Antonio do Valle Sobrinho –município de Sumaré; Conceição Aparecida Gomes Cardinalli Terzi e Raquel Sais Melhado, da EE Profa. Bélgica Aleoni Borges – município de Sumaré; Ivani Aparecida Queiros Peres, da EE Prof. André Rodrigues de Alkimin – município de Sumaré; Marinalva Gimenes Colossal, da EE Vereador Euclides Miranda, que atuava na Diretoria de Ensino de Sumaré; Paulina Rosa, da EE Jd. Santa Rita de Cássia – município de Hortolândia; Cristiane Moreira Braga, da EE Parque dos Pinheiros – município de Hortolândia, e seu esposo, Josué Silva Braga, além do motorista da carreta, Nelson Ferreira de Brito.

O acidente aconteceu por volta das 18h40 no km 100 da rodovia Anhanguera, no município de Campinas, envolvendo uma carreta Scania carregada de polietileno, uma Van conduzindo as 11 professoras e mais dois veículos de passeio, um Escort e um Palio. O motorista da carreta perdeu o controle, atravessando o canteiro central e colidindo frontalmente com a Van causando a explosão dos dois veículos atingindo ainda os dois outros carros. No acidente morreram também os motoristas da carreta e da Van, marido de uma das professoras. Outras duas pessoas tiveram ferimentos leves.