Habitação: Secretaria sorteia 950 apartamentos e entrega outros 240 na Região Metropolitana

Eventos serão realizados neste sábado em Itaquaquecetuba e Poá

sex, 30/05/2003 - 15h49 | Do Portal do Governo

A Secretaria estadual da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), sorteia amanhã, 31 de maio, 937 apartamentos e entrega outros 240 na Região Metropolitana de São Paulo. Os recursos investidos na construção dessas 1.190 moradias atingem a marca dos R$ 30,2 milhões e beneficiam os moradores dos municípios de Itaquaquecetuba e Poá.

Em Itaquaquecetuba, às 10 horas, o secretário-adjunto da Habitação, Mauro Bragato, representando o secretário de Estado da Habitação, Barjas Negri, sorteia 937 apartamentos de seis empreendimentos e entrega 40 apartamentos do Conjunto Habitacional Itaquaquecetuba E9. O evento será realizado na Prefeitura da cidade.

Os empreendimentos que serão sorteados estão sendo construídos pelo Pró-Lar Núcleo Habitacional por Empreitada da CDHU, no qual, por meio de concorrência pública, a Companhia contrata empreiteiras para construir os conjuntos. Ao todo esses conjuntos possuem 950 unidades, mas 13 não serão sorteadas porque foram reservadas às famílias que residem em áreas de riscos e serão atendidas pelo Programa Pró-Lar Áreas de Risco.

Das 937 moradias sorteadas, 7% serão destinadas a portadores de deficiência, 5% aos idosos e 4% para policiais. Estão inscritas para o sorteio 1.610 famílias, das quais 84% possuem rendimentos entre 1 e 3 salários mínimos. Elas concorrerão a apartamentos com 51,44m² de área construída, dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

As obras de construção dessas novas unidades estão orçadas em R$ 24.037.946,80 e além de contribuir para a redução do déficit habitacional estão gerando 1,5 mil empregos diretos e indiretos.

Já as 40 novas unidades que serão entregues do empreendimento Itaquaquecetuba E9 custaram R$ 929.802,40 e foram viabilizadas pelo Pró-Lar Mutirão Associativo da CDHU, em parceria com associações organizadas. Nessa parceria, os recursos são repassados às associações para a contratação de assessoria técnica e de mão-de-obra especializada e administração das obras, que são executadas pelos futuros moradores, em regime de mutirão. Os apartamentos desse empreendimento possuem dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro e área de 51,44m2.

Outro evento

Em Poá, Mauro Bragato vai entregar 200 apartamentos dos Conjuntos Habitacionais Poá C/D, na rua Estado do Espírito Santo, no Jardim São José, às 12 horas.

A novas unidades de Poá custaram R$ 5.258.750,00 e foram viabilizadas pelo Programa Pró-Lar Núcleo Habitacional por Empreitada. Cada apartamento possui 45,46m2 de área construída, distribuída entre dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro. As obras foram iniciadas em dezembro de 2001 e geraram 336 empregos diretos e indiretos.

Outros investimentos

Em todo o Estado, a CDHU possui outros programas em andamento, além do Núcleo Habitacional por Empreitada e Mutirão Associativo, que fazem parte do Pró-Lar. São eles: Atuação em Cortiços, Ação em Favelas, Área de Risco, Microcrédito Habitacional, Moradias Indígenas, Melhorias Habitacionais e Urbanas, Pró-Lar Rural e Crédito Habitacional. Por meio deles, a Companhia entregou, de 1995 a 2002, 165.608 unidades habitacionais.

Atualmente estão em construção 66 mil novas moradias, em 343 municípios, resultado de um investimentos de mais de R$ 1,3 bilhão. Com isso, além de reduzir o déficit habitacional, a CDHU está garantindo a geração de 75 mil empregos. A meta é atender, até o fim de 2006, 200 mil famílias com novas moradias e melhorias habitacionais e urbanas.

Da Secretaria estadual da Habitação