Exposição: Mostra ‘Caminhos da Paz’ prossegue na Estação Santana do Metrô

Fica na estação até o dia 31 de julho

ter, 22/07/2003 - 16h32 | Do Portal do Governo

A exposição ‘Caminhos da Paz’, de João Roberto Vieira, vem chamando a atenção dos usuários do Metrô. Instalada na Estação Santana, desde o último dia 3. Esse trabalho reúne painéis com textos extraídos de seu livro ‘O Caminho – O livro das buscas’ e outras peças.

Porém seu grande destaque é o ‘saco de pancadas’, no qual quem passa pela estação pode escrever o nome de algo que lhe cause indignação no mundo e socá-lo. Os nomes que mais sofrem com a revolta da população são os de políticos, além de temas como a violência e o desemprego.

A idéia de colocar um ‘saco de pancadas’ é para liberar e canalizar a agressividade das pessoas. Para João Roberto, que é psicólogo, a mostra causa um impacto positivo levantando questões do que cada um poderia fazer para a diminuição da violência.

‘O painel que mostra um pão, um ramo de trigo e a farinha em pó, coloca a questão de como a própria sociedade alimenta parte dessa violência, por exemplo, comprando drogas’, afirma João. A reação das pessoas está dentro do que ele esperava e as mulheres demonstram mais firmeza em suas indignações.

‘Caminhos da Paz’ já esteve na Estação Santa Cecília, durante o mês de junho, onde a recepção do público também foi positiva, e fica em Santana até o próximo dia 31 de julho.

Durante todo o mês de agosto, a partir da primeira semana, é a vez dos usuários da Estação Itaquera conhecerem e aproveitarem a exposição.

Departamento de Imprensa da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô
C.A