Educação: Parceria com empresas ensina informática a educadores e alunos da rede

Aviso de Pauta - Quinta-feira, 1º de abril, às 11 horas

qui, 01/04/2004 - 10h05 | Do Portal do Governo

Valorizar professores, manter os alunos em dia com as novas tecnologias e melhorar a qualidade de ensino são os grandes objetivos das novas parcerias que serão estabelecidas nesta quinta-feira, dia 1º, pela Secretaria de Estado da Educação com o Santander-Banespa, a Microsoft e a Cidade Escola Aprendiz.

Com a Microsoft, a Secretaria está assinando um protocolo de intenções para incentivar a implantação da iniciativa mundial da companhia, Parceiros na Aprendizagem, na rede estadual de ensino. O objetivo éauxiliar professores e alunos na aprendizagem, por meio de parcerias locais e nacionais, para o uso inovador de tecnologias da informação e comunicação.

O primeiro projeto, que faz parte do programa ‘Parceiros na Aprendizagem’, é o Expressões Digitais 2004, que conta com a parceria também do Cidade Escola Aprendiz, e vai capacitar educadores e estudantes da rede estadual de ensino em tecnologia. Professores e alunos vão aprender noções básicas de informática (rede, hardware, software, sistema operacional, internet) e, por meio de uma pedagogia comunitária, espalhar o conhecimento adquirido.

O projeto-piloto deste primeiro programa será desenvolvido ainda este ano, em 10 escolas estaduais da Diretoria de Ensino Centro-Oeste, na Capital. Em princípio, serão formados 20 educadores, denominados professores multiplicadores, com capacitação para disseminar o programa; 10 educadores para acompanhamento e coordenação das ações nas escolas; e 40 alunos monitores – quatro por escola. O material didático a ser utilizado nas Oficinas de Capacitação será elaborado pela Microsoft, juntamente com a Cidade Escola Aprendiz. A meta é atingir 5 mil alunos.

O programa Expressões Digitais 2004 vai abranger três ações principais:

  • Expressões Digitais – aprendizado e aprimoramento da língua portuguesa;
  • Café Digital – aprendizado e aprimoramento dos conhecimentos relativos à mídia e à tecnologia;
  • Histórias de Vida – desenvolvimento de páginas na Internet, revista digital e blogs, cujo objetivo é o resgate da história individual do aluno e a formação da identidade do grupo.

    A proposta do programa é desenvolver habilidades tecnológicas e sociais, ensinar os alunos a trabalhar com mídias, organizar e tratar a informação, o que propicia as condições necessárias e importantes para um processo contínuo de aprendizagem, além de contribuir para a constituição de uma escola mais eficiente, capaz de elevar o nível do ensino público e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade de vida da comunidade. Futuramente, outros projetos dentro da iniciativa Parceiros na Aprendizagem serão colocados em prática.

    O Programa Intensivo de Língua e Cultura Espanhola, em parceria com o Santander-Banespa, vai levar 90 professores da rede para a Universidade de Salamanca, na Espanha: 30 em 2004, 30 em 2005 e 30 em 2006. As despesas correrão por conta do banco, que além do curso, das passagens e hospedagens ainda dará uma ajuda de custo aos participantes que permanecerão 30 dias estudando no país. A primeira turma de professores embarca para a Espanha em julho.

    ‘A educação não se encerra na sala de aula, não é uma relação limitada ao professor e ao aprendiz. Todos os envolvidos no processo educacional são educadores, seja através dos conteúdos que transmitem, seja através dos incentivos e exemplos que dão’, observa o secretário de Estado da Educação, professor Gabriel Chalita.

    Data: Quinta-feira, 1º de abril de 2004
    Horário: 11 horas
    Local: Escola Estadual Fernão Dias Paes – Av. Pedroso de Moraes, 420 – Pinheiros – São Paulo/SP