Cultura: Temporadas traz dança do interior

Apresentações serão realizadas nos dias 19 e 20 de outubro

seg, 18/10/2004 - 20h05 | Do Portal do Governo

Amanhã e quarta, às 20hs, a Stella Maris Cia. de Dança, de Araçatuba, apresenta na Oficina Cultural Oswald de Andrade as performances Feminino e Migrantes. A primeira é inspirada na crônica Se eu amo Araçatuba?, de Hélio Consolaro, e fala das migrações cotidianas, mudanças geográficas, sociais, familiares e seus efeitos colaterais.

Já Feminino mostra como as intérpretes assimilam e repassam sentimentos comuns, deixando a possibilidade de o espectador transportar às situações para suas próprias experiências. A direção é de Stella Maris Inada Itavo e as coreografias foram criadas por Vladimir Conde Reche.

A performance faz parte do Temporadas da Oswald de Teatro e Dança, da Oficina Oswald de Andrade. O projeto busca sintetizar o que há de melhor da produção cultural do Interior do Estado – e integra a política da Secretaria de Estado da Cultura de fomentar as artes fora da capital. A mostra começou no final de setembro e se estenderá até 11 de novembro.

Cássia Navas, diretora da oficina, explica que Temporadas da Oswald pretende estabelecer intercâmbio e diálogos destes artistas com os profissionais da capital. “É uma oportunidade para que a mídia e os críticos conheçam o trabalho de grupos emergentes”, observa.

Feminino e Migrantes
Stella Maris Cia. de Dança
Dias 19 e 20/10, às 20h. Grátis.
Oficina Cultural Oswald de Andrade
R. Três Rios, 363 – Bom Retiro. (11) 222-2662

Da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Cultura

M.J.