CPTM: Inscrições abertas para o 2º Concurso Paulista de Literatura de Cordel

Iniciativa é da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e do Metrô

ter, 06/05/2003 - 13h33 | Do Portal do Governo

Estão abertas as inscrições para o 2º Concurso Paulista de Literatura de Cordel para poetas populares profissionais e amadores de todo o País. A iniciativa é da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô).

Nesta edição, o concurso propõe dois temas: um livre, sobre uma história ‘romance’ de 64 estrofes em sextilhas (estrofes de seis versos heptassílabos, rimando o 2º com o 4º e o 6º);e o outro sobre o cotidiano metro-ferroviário de São Paulo, cuja capital completará 450 anos no dia 25 de janeiro de 2004, com 32 estrofesem setilhas (estrofes formadas por sete versos heptassílabos, rimando o 2º com o 4º e 7º sétimo e o 5º com o 6º).

Para o tema não-livre, os concorrentes deverão incluir como pano de fundo em suas histórias, a Estação do Brás, agora totalmente reformada pela CPTM, e o próprio bairro do Brás, ainda um dos redutos paulistanos mais importantes para os nordestinos. Nos dois temas, os autores precisam seguir o rigor da métrica, da rima e da oração. Poderão ser inscritos até três trabalhos (inéditos), em cada categoria.

As inscrições são gratuitas e se encerram em 24 de julho. Os textos impressos, de preferência acompanhados de disquete, deverão ser enviados à União dos Cantadores Repentistas e Apologistas do Nordeste – Ucran, localizada à Rua Teixeira Leite, 263, Liberdade, São Paulo – SP, CEP 01514.010.

Os três primeiros colocados em cada categoria receberão, respectivamente, um microcomputador com kit multimídia, incluindo placa de fax modem 56k e impressora (1o lugar); uma viola (2º lugar); e um aparelho de televisão 20´ (3º lugar).

Os trabalhos classificados entre os 1º e 10º lugares de cada categoria serão reunidos, publicados e distribuídos gratuitamente nas escolas da rede pública estadual. Os autores, além dos prêmios especificados, também receberão um troféu e 20 exemplares da publicação resultante do concurso. O nome dos classificados e o local da entrega dos prêmios serão divulgados dez dias úteis após o encerramento das inscrições, ou seja, no dia 7 de agosto.

Na primeira edição, em 2002, dois cearenses, Rouxinol do Rinaré e Zé Maria, de Fortaleza, e um pernambucano, Andorinha, foram os três primeiros clasificados, respectivamente, e premiados com um microcomputador, um DVD e um aparelho de televisão. As obras dos 20 poetas populares melhores colocados no concurso foram publicadas e distribuídas gratuitamente nas escolas da rede pública do Estado.

(AM)