CPTM: Estação Lapa mantém alto padrão de qualidade dos serviços oferecidos

Programa de controle de gestão completa oito meses de implantação

seg, 27/09/2004 - 9h40 | Do Portal do Governo

A primeira Estação Referência da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), a Lapa, na Linha A (Brás-Francisco Morato), completa oito meses de implantação neste mês, cumprindo as metas estabelecidas no compromisso de gestão assumido pelos funcionários.

A média mensal de reclamações relativas ao atendimento dos empregados, por exemplo, que era de 4,25, de janeiro a dezembro de 2003, caiu para menos de uma reclamação/mês, nos oito meses. Esses números refletem a satisfação dos usuários com os serviços.

Um outro importante item de gestão, o consumo de água, também apresentou acentuada queda. De janeiro a setembro de 2004, foi registrada a média mensal de 230,1 m³, 36,5% abaixo da meta estipulada de 362 m³/mês.

Segundo o chefe geral da Lapa, Cláudio Cano, a limpeza está 100%, não há registros de ambulantes dentro da estação e os equipamentos continuam em boas condições de operação.

Além do controle da gestão, a reforma da estação proporcionou mais conforto para os usuários, principalmente, no que diz respeito à acessibilidade, com a construção de banheiros para pessoas com deficiência e rampas de acesso.

O visual da estação mudou radicalmente. Renovado, o local recebeu nova pintura e um painel de grafite de 5 x 5 metros na passarela em homenagem aos 450 anos da cidade de São Paulo, criado pelos artistas de grafite Os Gêmeos, Ise e Nina, conhecidos internacionalmente. Vestiários diferenciados para empregados, refeitório, banheiros públicos bem conservados, e o jardim no final das plataformas bem cuidado, completam a lista de melhorias.

As condições de trabalho para os empregados melhoraram, igualmente, refletindo no atendimento geral. Todos os recintos destinados aos funcionários estão reunidos em um ambiente só, o que evita deslocamentos para usar o banheiro, a copa ou refeitório.

Da Assessoria de Imprensa da CPTM