CPTM: empresa promove 28 blitze focadas no combate ao uso e porte de entorpecentes

Objetivo é intensificar a segurança em suas dependências; operação foi realizada em agosto

ter, 06/09/2005 - 14h18 | Do Portal do Governo

Com o objetivo de intensificar a segurança em suas dependências, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) realizou, no mês de agosto, 28 operações especiais. No período, os agentes da empresa, em parceria com efetivos da Polícia Civil e Polícia Militar, abordaram e averiguaram 1.967 pessoas.

Durante as operações, ocorreram 27 encaminhamentos aos distritos policiais, dos quais 23 casos por porte de entorpecentes. As blitze aconteceram no interior dos trens e nas estações, ao longo da malha ferroviária da empresa.

No total, seis operações ocorreram na Linha A (Luz-Francisco Morato), quatro na Linha D (Luz-Rio Grande da Serra), uma Linha E (Luz-Estudantes), sete na Linha F (Brás-Calmon Viana), oito na Linha B (Júlio Prestes-Itapevi) e duas operações na Linha C (Osasco-Jurubatuba).

Essas ações, implementadas pela Gerência de Segurança da CPTM, visam, principalmente, coibir o consumo e porte de entorpecentes. Também são promovidas para conter a ação de assaltantes e vândalos que agem, geralmente, nas primeiras horas da operação ou durante o horário de pico da tarde.

Além disso, para aumentar a fiscalização, agentes de segurança fardados e à paisana circulam – 24 horas por dia, pelos trens e estações.

Balanço

Entre janeiro e agosto deste ano, nas seis linhas da CPTM foram promovidas 249 operações – todas com o apoio das corporações da Segurança Pública, com a averiguação de 19.983 pessoas e o direcionamento de outras 90 a delegacias da capital e região metropolitana. Deste total, 75 estavam relacionadas ao tráfico, uso e porte de entorpecente.

O balanço desses oito meses aponta 56 blitze na Linha A (Luz-Francisco Morato), 44 na Linha D (Luz-Rio Grande da Serra), 42 na E (Luz-Estudantes), 50 na F (Brás-Calmon Viana), 44 na Linha B (Júlio Prestes-Itapevi) e 13 na Linha C (Osasco-Jurubatuba).

Assessoria de Imprensa da CPTM