Concurso: Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP abre vagas para livre-docência

Inscrições podem ser feitas a partir de 1º de agosto

seg, 29/07/2002 - 14h10 | Do Portal do Governo

Quatro departamentos da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo vão abrir concurso para livre-docência. São eles: Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental, Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas, Departamento de Farmácia e Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica. Os editais do concurso foram publicados na edição de 20/7/2002, do Diário Oficial do Estado, caderno Executivo I.

O Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental tem vagas em quatro especialidades: Microbiologia de Alimentos, Nutrição Humana, Química e Bioquímica de Alimentos e Fiscalização e Controle de Qualidade de Alimentos.

No Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas há vagas para as especialidades de Citologia Clínica, Microbiologia Clínica, Patologia, Processos Gerais, Toxicologia, Parasitologia e Micologia Clínicas, Imunologia Clínica, Bioquímica Clínica e Hematologia Clínica.

No Departamento de Farmácia as especialidades com vagas disponíveis são Controle de Qualidade de Insumos, Medicamentos e Cosméticos, Biofarmacognosia, Química Farmacêutica e Farmacotécnica.

As vagas no Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica são nestas especialidades: Processos e Operações Unitárias para Alimentos e Processos e Operações Unitárias para Insumos Farmacêuticos.

As inscrições poderão ser feitas de 1º a 30 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

Local: Assistência Acadêmica da Faculdade (Av. Prof. Lineu Prestes, 580 – na Cidade Universitária, São Paulo).

Os candidatos devem apresentar certificado de sanidade física e mental fornecido por Serviço Oficial de Saúde; prova de quitação com o serviço militar; título de eleitor; título de doutor, outorgado pela USP, por ela reconhecido ou de validade nacional; dez exemplares de memorial circunstanciado para comprovação de trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao concurso e as demais informações que permitam avaliação de mérito.

A prova escrita terá peso 2, enquanto a defesa de tese ou de texto que sistematize criticamente a obra do candidato ou parte dela terá peso 3. Também terá peso 3 o julgamento do memorial, com prova pública de argüição. Para avaliação didática haverá peso 2. Junto com os quatro comunicados estão sendo publicados os programas referentes às especialidades de cada departamento.