Cinema: Videoteca do Memorial exibe longas-metragens e documentários mexicanos

Confira a programação desta quarta-feira, dia 12

qua, 12/03/2003 - 14h10 | Do Portal do Governo

Em março, a Videoteca do Memorial da América Latina está comemorando o centenário de nascimento do ator e diretor Emilio “El Indio” Fernández (1903-1986) e da atriz Andrea Palma (1903-1987), que representam a chamada “época de ouro” da produção cinematográfica mexicana, que se inicia no final da década de 1930 e se estende até os anos 60.

Estão sendo exibidos longas-metragens (produções de 1933 a 1963) e documentários da série “Los que hicieron nuestro cine”. Produzida pela Unidad de Televisión Educativa y Cultural (UTEC), tevê educativa do México, que analisa os principais filmes e os temas mais importantes do cinema mexicano, abordando o contexto e as características da produção em diferentes fases.

Programação:

Data: Quarta-feira, dia 12

  • Enamorada (Documentário)- Realização de Alejandro Pelayo Rangel (México- 27 minutos). Para muitos dos conhecedores do cinema mexicano, Enamorada (1946) é o melhor filme de Emilio ‘Indio’ Fernández. O programa recolhe os depoimentos do produtor do filme, Benito Alazraki, e do fotógrafo Gabriel Figueroa.
  • Las crisis de la postguerra (Documentário)- Realização de Alejandro Pelayo Rangel. (México- 27 minutos). Com o final da segunda guerra, o cinema industrial mexicano entra em declínio. Este programa recolhe depoimentos de várias personalidades ligadas ao cinema nesse período. Cenas de Rio Escondido (1947), de Emilio “Indio” Fernández, com depoimentos do produtor Raúl de Anda, do escritor Mauricio Magdaleno, da atriz Columba Domínguez e do fotógrafo Gabriel Figueroa.

    Período: 6 a 27 de março de 2003
    Horário: 15h
    Obs.: Todos os filmes são falados em espanhol, sem legendas em português.

    (AM)