Campanha de vacinação de idosos é prorrogada até o dia 10 de maio

Vacinas estão disponíveis nos postos de saúde

seg, 29/04/2002 - 8h40 | Do Portal do Governo

A campanha de vacinação contra a gripe para pessoas com idade a partir de 60 anos, que terminaria nesta sexta-feira, dia 26, foi prorrogada até o dia 10 de maio. Isso porque não foi possível atingir a meta de 70% de cobertura vacinal, estabelecida pelo Ministério da Saúde, principalmente nos municípios mais populosos do Estado. As regiões da Grande São Paulo, Piracicaba e Campinas foram as que tiveram as menores procuras por vacinação.

Quando atinge idosos, a gripe pode se tornar uma doença grave, uma vez que pode evoluir para pneumonia e levar à internação e até à morte. No Estado de São Paulo existem mais de 3,4 milhões de pessoas com 60 anos ou mais. A meta é vacinar, no mínimo, 70% dessa população, ou seja, 2,4 milhões.

O objetivo da campanha, iniciada no último dia 13, é reduzir o número de internações e mortes de idosos causadas por complicações das infecções pelo vírus influenza.

O outono é a época do ano mais propícia para se realizar a vacinação, porque quando começa o inverno e as epidemias de gripe são mais freqüentes, os vacinados já estão protegidos.

Em pesquisa de opinião pública realizada no início do ano passado, no Estado de São Paulo, com pessoas nessa faixa etária, foram apontados como principais motivos da não adesão à imunização o medo das reações da vacina.

Porém, a Secretaria da Saúde esclarece que todas as manifestações decorrentes do medicamento registradas são benignas e limitadas. Menos de 10% dos vacinados podem apresentar reações leves associadas à vacina, como mal estar, indisposição, cefaléia ou febre. Todos os eventos registrados até agora foram passageiros e não houve relatos de manifestações graves.

Como não contém microorganismos vivos, a vacina contra a gripe também pode ser tomada por pessoas portadoras de imunodeficiência, como a Aids, ou neoplasias malignas (câncer).

Para tomar a vacina, basta dirigir-se ao posto de saúde mais próximo, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Na Capital, a vacinação também está disponível nos terminais rodoviários do Tietê, até 22 horas, e Barra Funda, até 20 horas. Quem está na região da Grande São Paulo e quer saber qual o posto de saúde mais próximo, deve ligar para o Disque Saúde: 1520.

Cíntia Cury