Alckmin visita nova UTI cardiológica do Hospital da Unesp em Botucatu

Na tarde deste sábado, governador visitou também o Hospital Dia-Aids, inaugurado em setembro

sáb, 09/10/2004 - 18h29 | Do Portal do Governo


Ao visitar a nova UTI Cardiológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu da Unesp na tarde deste sábado, dia 9, o governador Geraldo Alckmin disse que a universidade tem um centro de excelência voltado para a área biomédica e importante para todo o País. ‘Os serviços estão sendo ampliados como os oito novos leitos coronarianos o que vai consolidando Botucatu como importante centro na área de cardiologia e moléstias do coração’.

A nova Unidade de Terapia Intensiva dispõe de oito leitos numa área de 915 metros quadrados, com tecnologia de ponta, central de monitorização. Os investimentos ultrapassaram R$ 1 milhão – com R$ 745 mil do Ministério da Saúde para reforma da área física e R$ 368 mil da Secretaria da Saúde do Estado para aquisição de equipamentos. Além disso, foram ampliados mais quatro leitos para UTI de adultos o que vai permitir chegar a mais 25 leitos e mais 15 neonatal totalizando 40 leitos de UTI.

O governador visitou ainda o Hospital Dia-Aids e o setor de hemodiálise que tem 21 máquinas, laboratórios de informática, que funciona 24 horas. O Hospital Dia, que atende desde o dia 9 de setembro último, é fruto da parceria estabelecida entre o Estado representado pela Faculdade de Medicina de Botucatu da Unesp – e a comunidade de Botucatu.

O atendimento foi profundamente modificado em relação ao que vinha sendo feito no Ambulatório do Hospital das Clínicas. As consultas, que se resumiam à atenção médica no ambulatório do Hospital das Clínicas, passaram a incluir apoio psicológico individual e em grupo, atenção da assistente social, das enfermeiras, da fisioterapeuta, da terapeuta ocupacional e da dentista.
Do dia 9 a 30 de setembro foram realizados 209 atendimentos no Hospital-Dia. A sua implantação representa uma ampliação nas possibilidades de assistência aos portadores do vírus HIV nas regiões de Botucatu e Bauru.

‘A Unesp está de parabéns por ampliar o atendimento do SUS colocando à disposição da população uma medicina de ponta e alta tecnologia’, afirmou o governador.

Hospital das Clínicas

Unidade auxiliar da Faculdade de Medicina de Botucatu – UNESP, o Hospital das Clínicas iniciou suas atividades em 1967, com 48 leitos. Atualmente, sua capacidade é de 374 leitos e 52 leitos de UTI. Conta com um corpo clínico formado por médicos contratados e docentes, num total de 318 profissionais, e um quadro de pessoal de enfermagem e apoio, num total de 1.813 funcionários.

Hospital de referência para a região, recebe ainda doentes do norte do Paraná, Mato Grosso do Sul, Sul de Minas Gerais e outros estados, abrangendo uma população de aproximadamente 3 milhões de habitantes. Atendeu, em 2003, cerca de mil pessoas por dia, efetuando no total 403.776 consultas, mais de 10 mil cirurgias, 17.800 internações e 1.883.086 exames para diagnóstico, entre laboratoriais e de imagem.

Recapeamento da Rodovia Marechal Rondon

Durante entrevista coletiva, o governador Geraldo Alckmin disse que o Governo do Estado irá recapear a Rodovia Marechal Rondon no trecho entre Bauru e Botucatu. Segundo ele, de Botucatu para frente há estudos para incluir a obra dentro do projeto do BID para obter recursos.

Valéria Cintra /Carlos Prado/Takao Miyagui