Agricultura: Café verde cultivado em São Paulo terá selo de qualidade

O programa prevê também a criação de selos para outros produtos como leite, citros, frutas e frangos

qui, 06/02/2003 - 14h26 | Do Portal do Governo

Depois da implantação de um sistema de certificação para o café torrado e moído, o café verde será o próximo produto agroindustrial a ter um selo de qualidade em São Paulo.

Esse foi um dos resultados da primeira reunião do ano da Câmara Setorial do Café realizada nesta quarta-feira, dia 5, na Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento.

Um grupo de trabalho, formado por representantes de todos os elos da cadeia produtiva e técnicos da secretaria terá a função de desenvolver normas e diretrizes básicas para a certificação do café verde. ‘A idéia é aproveitar a experiência bem-sucedida do café torrado e moído para desenvolver um sistema de qualidade para o café verde’, afirmou Nathan Herskowicz, presidente da Câmara Setorial do Café, ligada à Secretaria da Agricultura e Abastecimento. A primeira reunião do grupo está marcada para o próximo dia 25, quando começam a ser definidos os critérios e normas para a certificação.

São Paulo foi o primeiro Estado do país a implantar o selo de qualidade para o café torrado e moído, uma das fases do Programa de Qualidade Selo São Paulo, sob responsabilidade da Codeagro (Coordenadoria do Desenvolvimento dos Agronegócios).

Além do café, o programa prevê a criação de selos de qualidades para outros produtos como leite, citros, frutas e frangos. No caso do café torrado e moído, o processo para a certificação foi iniciado em outubro do ano passado e quatro indústrias já trazem o selo nas embalagens.

De acordo com o secretário da Agricultura, Duarte Nogueira, a intenção do programa de qualidade, baseado em normas estabelecidas pela Secretaria da Agricultura e Abastecimento, em parceria com representantes do setor, é promover a agregação de valor dos produtos agroindustriais. ‘O objetivo em instituirmos um selo de qualidade, é orientarmos o consumidor sobre a qualidade do produto que ele está comprando e também conquistar mercados’.

São Paulo é o terceiro maior produtor brasileiro de café em grãos, com uma expectativa de produção de 2,5 milhões de sacas de 60 quilos para a safra 2003/04, uma representação de 8,4% da produção brasileira.

Da Secretaria da Agricultura
R.K