SP contra o novo coronavírus

Peça auxilia no combate à disseminação da COVID-19 e protege você, sua família, seus amigos e toda a sociedade. No estado de São Paulo o uso é obrigatório somente no transporte público e unidades médico-hospitalares, e opcional em ambientes abertos e fechados como escritórios, comércios, salas de aula, academias, entre outros.

Onde usar

Quando é essencial usar

Fiscalização e multa

Estão sujeitos a multas pessoas que estiverem sem máscara nos locais exigidos e os estabelecimentos que permitirem a presença de pessoas sem proteção e/ou situação irregular

Multas

Vigilância Sanitária é responsável pela fiscalização e multa

Viu irregularidades? Ligue para o disque-denúncia da Vigilância: 0800 771 3541

Tipos mais comuns de máscaras

SOBRE O USO DE MÁSCARAS

A utilização da proteção facial segue vigente em SP em virtude da necessidade de manter hábitos preventivos e complementares à vacinação. Desde 17 de março de 2022, porém, o uso de máscaras é livre em todos os ambientes, exceto no transporte público e unidades médico-hospitalares.

Use no transporte coletivo e seus respectivos locais de acesso, como estações de Metrô.

A máscara deve cobrir queixo, nariz e ficar justa ao rosto

Não toque na máscara e não a remova para falar

Higienize as mãos antes e após colocar a peça

Ajuda a minimizar o impacto da Covid-19 e suas variantes e do vírus Influenza, da gripe.

Use no transporte público e unidades médico-hospitalares.

Cuidados ao fazer ou comprar sua máscara

Recomendado usar preferencialmente tecidos que contenham algodão

3 camadas de tecido

  • 1ª Camada

    tecido resistente a água
    (ex: poliéster e nylon)

  • 2ª Camada

    tecido respirável sintético ou algodão

  • 3ª Camada

    tecido absorvente
    (ex: algodão)

Cuidados ao usar

A peça é de uso individual;
não compartilhe com outras pessoas

Conteúdo multímida

Vídeos

Áudios

Material para download