Assista aos destaques da Semana

O governador José Serra participou da inauguração da fábrica de trens da CAF, em Hortolândia. A empresa será responsável por produzir 65 trens para São Paulo: 17 para o metrô e 48 para a CPTM. Atualmente, a CAF gera 700 empregos diretos e a expectativa da empresa é que até julho deste ano 1.100 pessoas […]

sáb, 27/03/2010 - 20h00 | Do Portal do Governo

O governador José Serra participou da inauguração da fábrica de trens da CAF, em Hortolândia. A empresa será responsável por produzir 65 trens para São Paulo: 17 para o metrô e 48 para a CPTM. Atualmente, a CAF gera 700 empregos diretos e a expectativa da empresa é que até julho deste ano 1.100 pessoas estejam empregadas na cidade.

Mais uma Escola Técnica e duas Faculdades de Tecnologia para São Paulo. A nova Etec fica em Mogi Guaçu, na região de Campinas e oferece cursos de Automação Industrial, Contabilidade, Eletrotécnica e Logística. Já as Fatecs estão em Mogi Mirim e em Bauru. As duas já estavam em funcionamento mas ganharam prédios novos e equipamentos, para que o número de vagas e a oferta de cursos, possa ser ampliado.

Uma nova unidade da Rede de Reabilitação Lucy Montoro foi inaugurada em Campinas, pelo governador José Serra. Ribeirão Preto também ganhou uma unidade da Rede, além de um novo centro de Radioterapia. Especializadas em atender pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, as unidades da Rede Lucy Montoro dispõem de equipe multiprofissional, infraestrutura adaptada e equipamentos de última geração. Sem falar num dos diferenciais: um Centro de Reabilitação visual, onde são atendidas pessoas com perda da visão, em vários níveis. Até o final do ano, a Rede Lucy Montoro estará presente em 17 cidades paulistas.

Depois de algumas décadas, a duplicação da Rodovia que liga Bauru a Marília foi entregue à população. O governador Jose Serra inaugurou os últimos 45 quilômetros do trecho Duartina-Garça, que custaram 360 milhões de reais. Além de Bauru e Marília, os municípios de Duartina, Avaí, Fernão, Gália, Garça e Vera Cruz também serão beneficiados.

O governador José Serra anunciou a criação da Estação Experimental de Agroenergia da Universidade de São Paulo em Jaú. No local serão desenvolvidas pesquisas com a cana de açúcar visando a produção de bioenergia. Na mesma cerimônia, o governador assinou convênio com a USP, para promover cursos no futuro Campus, para professores da rede estadual.

O governador José Serra também deu inicio às obras do Complexo Cultural – Teatro da Dança que será o maior pólo cultural da América Latina. Localizado no bairro da Luz, onde ficava a antiga estação rodoviária, o complexo terá três andares e 95 mil metros quadrados de área construída e será vizinho de outras instituições culturais do Governo do Estado. Com a reurbanização de toda a área, o os moradores do bairro da Luz também serão beneficiados.  

Quase 210 mil professores e demais profissionais da educação de São Paulo receberam o Bônus por Resultado. É a premiação que destaca as escolas que tiveram bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação, o Idesp. No total, o Governo de São Paulo vai pagar 655 milhões de reais na premiação. Um crescimento de 10,9% em relação ao valor pago em 2009.

Em Franco da Rocha, o governador José Serra inaugurou o Centro de Atenção Integrada a Saúde Mental, no local em que funcionava o Pavilhão de Tuberculose do Juquery. Ele tem capacidade para realizar cerca de 500 internações e mais de 24 mil consultas por ano. Em um prédio anexo funcionará o pronto-socorro. O Governo paulista também investiu 52 milhões de reais para construir o Hospital Estadual de Franco da Rocha , no mesmo Complexo. A obra deve ser entregue nos próximos meses e ocupa uma área de quase 16 mil metros quadrados.

Com o objetivo de promover e alavancar o esporte de São Paulo, o governador José Serra assinou um decreto que regulamenta a Lei de Incentivo ao Esporte e que autoriza as empresas paulistas a investirem até 3% do ICMS em projetos esportivos. Além disso, o governador anunciou a construção de um moderno Centro Olímpico na zona norte da capital, que custará 200 milhões de reais.

E no Instituto do Câncer, na capital, o Governador José Serra inaugurou o maior Centro Público de Radioterapia e Diagnóstico por Imagem da América Latina. O Centro tem capacidade para realizar, a cada ano, 30 mil ressonâncias magnéticas e dezoito mil exames de medicina nuclear. Além disso, deve fazer 400 mil laudos técnicos por imagem. O investimento foi de 70 milhões de reais.

Do Portal do Governo do Estado