Agenda Cultural destaca Festival de Teatro de Vinhedo

Festival de teatro em Vinhedo A primeira edição promete animar a cidade. Os Doutores da Alegria, Pia Fraus Teatro, Companhia Articularte, Nau de Ícaros e grupos de teatro de Atibaia, Campinas, Jundiaí e Salto se revezam nos palcos. A vasta programação segue com contação de histórias, jogos, cantigas, brincadeiras, oficinas de expressão corporal, de confecção […]

sex, 03/10/2008 - 8h14 | Do Portal do Governo

Festival de teatro em Vinhedo

A primeira edição promete animar a cidade. Os Doutores da Alegria, Pia Fraus Teatro, Companhia Articularte, Nau de Ícaros e grupos de teatro de Atibaia, Campinas, Jundiaí e Salto se revezam nos palcos. A vasta programação segue com contação de histórias, jogos, cantigas, brincadeiras, oficinas de expressão corporal, de confecção de brinquedos e instrumentos musicais, e aulas de dança, teatro e circo. As apresentações, com entrada gratuita, serão em quatro locais: Espaço Cultural, Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus, Ginásio do Centro Integrado da Comunidade e Praça Sant’Anna. Confira a relação dos espetáculos, as datas e os locais das oficinas no site www.cultura.sp.gov.br.

CINEMA

Ciclo Charles Chaplin

Aclamado como um dos verdadeiros gênios dos primeiros tempos do cinema, criou a inesquecível figura de Carlitos, com suas calças largas, chapéu-coco e bengala, personagem de mais de 70 filmes. Neste ciclo será possível apreciar alguns dos títulos mais celebrados desse conjunto.

O garoto (Estados Unidos, 1921). Sem condições de criar o filho, mãe solteira deixa bebê no banco traseiro de um carro de luxo. O carro é roubado e a criança acaba parando sob a guarda de um vagabundo.
Segunda-feira, 6, às 14, 16 e 19 horas

Um rei em Nova York (Estados Unidos, 1957). Monarca deposto, fugitivo de revolução em país europeu, vai para Nova York e, desapropriado de seu dinheiro, tem problemas com a sociedade americana.
Terça-feira, 7, às 14, 16 e 19 horas

Casamento ou luxo (Estados Unidos, 1923). Após desencontro, jovem do interior da França pensa ter sido abandonada pelo noivo e viaja sozinha para Paris. Mais tarde, já casada com um homem da alta sociedade parisiense, reencontra o antigo amor.
Quarta-feira, 8, às 14, 16 e 19 horas

Curtas metragens (Estados Unidos. Sete clássicos do mestre da comédia do cinema mudo, entre os quais Ombro armas, Os clássicos vadios, O peregrino, Vida de cachorro, Um dia de prazer, Idílio campestre, Dia de pagamento.
Quinta-feira, 9, às 14, 16 e 19 horas

Em busca do ouro (Estados Unidos, 1925). Carlitos entra na corrida em busca do ouro do Alasca, onde arruma confusões e se apaixona por uma dançarina. Nele está a clássica cena do bailado na mesa do jantar, das perninhas formadas por  dois pães espetados por garfos.
Sexta-feira, 10, às 14, 16 e 19 horas

Espaço Cultural Casa do Lago – Unicamp
Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários
Rua Érico Veríssimo, s/nº – Cidade Universitária – Campinas
Telefone (19) 3521-7017
Entrada franca

Cinema de circuito

O signo da cidade. Direção de Carlos Alberto Ricelli (Brasil, 2007). Astróloga apresenta programa noturno de rádio, e fica conhecendo os anseios e os problemas de seus ouvintes. Desse contato surge uma galeria de personagens com histórias pessoais que, aos poucos, vão se entrelaçando.
Museu da Imagem e do Som
Avenida Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo
Telefone (11) 2117-4777
Sexta-feira, 3, 20 horas; sábado, 4, 18 horas; quarta-feira, 8, 20 horas
Ingressos: R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada)

TEATRO

Qioguem?!

Cinco narrativas inspiradas no kyogen, farsa cômica japonesa. No roteiro as pequenas peças se encadeiam como um jogo de armar, apresentando universo poético e patético de homens, mulheres e deuses que se comportam de maneira ambivalente, em situações de sedução, violência, amizade e erotismo. Direção de Alice K.

Tusp – Teatro da USP
Rua Maria Antonia, 294 – Consolação – São Paulo
Telefone (11) 3255-7182
Sábado, 21 horas; domingo, 20 horas
Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada)
Até domingo, 5

Proibido para maiores

Durante o último ensaio de uma banda de rock, dois jovens se apaixonam. A garota tenta fugir do rapaz com medo que a faça sofrer. Texto de Moisés Bittencourt. Direção de Fernando Gomes.

Teatro Sérgio Cardoso – Sala Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo
Telefone (11) 3288-0136
Sexta-feira, 21h30; sábado, 21 horas; e domingo, 19 horas
Ingressos: R$ 20 e R$10 (meia-entrada)
Até o dia 26

Memória do mundo

Escrito e encenado pelo ator João Paulo Lorenzon, o texto é resultado de mergulho na obra e vida do escritor argentino Jorge Luis Borges. O monólogo relata uma noite na vida de Borges, com a conversa impossível dele com Beatriz, a amada morta, e temas recorrentes na vida do argentino: a admiração pelo pai, a cegueira progressiva, a literatura, o realismo fantástico, o fascínio por espelhos, tigres e labirintos e sua obsessão pelo infinito.

Direção de Elcio Nogueira. Casa das Rosas
Avenida Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo
Telefone (11) 3285-9447
Sábado, 21 horas; domingo, 19 horas (domingos, a partir das 20 horas, debate sobre o autor)
Entrada franca
Até 16 de novembro

E agora Drummond?

Seleção de poemas de Carlos Drummond de Andrade, pelo grupo A Jaca Est, da Cooperativa Paulista de Teatro.

Teatro Estadual de Araras Maestro Francisco Paulo Russo
Sala Maestro Paulo Russo
Avenida Dona Renata, 401 – Jardim Santa Cruz – Araras
Telefone (19) 3541-5969
Sexta-feira, 3, 20 horas
Ingressos: R$ 5 e R$ 2,50 (meia-entrada)

MÚSICA ERUDITA

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo

O maestro alemão Helmut Rilling rege a Orquestra Sinfônica do Estado que, com a soprano inglesa Sylvia Schwartz, o barítono alemão Michael Nagy e o Coro da Osesp, regido pela maestrina Naomi Munakata, interpreta Um réquiem alemão, opus 45, de Johannes Brahms.

Sexta-feira, 3, 21 horas, e sábado, 4, 16h30
Ingressos: de R$ 28 a R$ 98. Aposentados, pessoas acima de 60 anos, estudantes e professores da rede pública estadual pagam meia-entrada, mediante comprovação.

Na série de Câmara da Osesp, sob o comando do regente chileno Victor Hugo Toro, récita com peças de Wolfgang Amadeus Mozart, a Abertura da ópera La finta giardiniera, K 196; Concerto para clarinete em lá maior, K 622, com solo do clarinetista paulista Ovanir Buosi; de Franz Liszt, Malédiction, tendo como solista o pianista carioca Aleyson Scopel; e do tcheco Antonín Dvorák, Serenata em mi maior, opus 22.

Domingo, 5, 17 horas
Ingressos: R$ 34 a R$ 40
Sala São Paulo
Praça Julio Prestes, s/nº – Luz – São Paulo
Telefone (11) 3223-3966

Lieder

Concerto de câmara traz canções alemãs nas vozes da soprano Luiza de Moura, do baixo Eduardo Janho-Abumrad acompanhados pelo pianista João Moreira Reis. Os artistas interpretam peças de Wolfgang Amadeus Mozart, Franz Schubert, Robert Schumann, Johannes Brahms, Hugo Wolf, e Richard Strauss.

Theatro São Pedro
Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda – Metrô Marechal Deodoro – São Paulo
Telefone (11) 3667-0499
Sexta-feira, 3, 21 horas
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

III Mostra de Violões

O objetivo é unir estudantes e profissionais em torno do tema violões e instrumentos de corda. O violonista Chrystian Dozza faz recital com composições de sua autoria: Sonata do agreste, Minimal rock, Comming home, Butterfly variations, Sir William Walace his Hornpipe, From the labirinth, além de Fantasias mineiras, nas canções de Milton Nascimento, Maria-Maria; Nos bailes da vida; Cálix Bento; Impressões do tema caipira Romaria. Patrocinado pelo Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos.Espaço Cooperativa de Música

Praça Martinho Guedes, 12 – Tatuí
Telefone (15) 3251-4573
Terça-feira, 7, 21 horas
Entrada franca

MÚSICA POPULAR

Coral Fundap 15 anos

Para celebrar os 15 anos de existência do grupo, sob a regência do maestro César Cerasomma, o programa inclui música erudita, folclórica e popular do Brasil e de outras culturas, como My funny Valentine, de Hart e Rodgers; Este mundo va, Miguel Bose; Seasons of love, Jonathan Larson; Everything’s Alright, Tim Rice e Andrew Lloyd Weber; Mamma mia, Aba; A volta do malandro, Chico Buarque, e outras.

Sábado, 4, 20h30
Ingressos: R$ 5 e R$ 2,50 (meia-entrada)

Trio de Latorre

No projeto Terça musical o trio, formado pelo flautista Hélcio de Latorre, o multiinstrumentista Gianni Visoná e o violinista Heitor Fujinami, apresenta repertório popular brasileiro, com temas de Pixinguinha, Altamiro Carrilho, Noel Rosa, Tom Jobim, Djavan, Caetano Veloso, entre outros. Os estilos são variados, desde chorinho, bossa-nova, samba e MPB.

Terça-feira, 7, 12 horas
Entrada franca
Teatro São Pedro
Rua Barra Funda, 171 – Barra Funda – Metrô Marechal Deodoro – São Paulo
Telefone (11) 3667-0499

Memórias do choro paulista

Formado por Eduardo Lobo (guitarra, violão de sete cordas, bandolim), Danilo Penteado (baixo elétrico, cavaquinho), Daniel Muller (piano acústico e elétrico, acordeon) e Lucas da Rosa (bateria, percussão), o grupo Quatro a zero apresenta o espetáculo Porta Aberta – Memórias do choro paulista, que traz composições de chorões do interior do Estado. No programa: O cabo Pitanga (Laércio de Freitas), Buliçoso (Sérgio Belluco), Bicho mau (Nabor Pires Camargo), Choro de Clara (Nailor Proveta), Bafo de onça (Zequinha de Abreu), entre outras.

Auditório Cláudio Santoro
Avenida Doutor Luiz Arrobas Martins, 1.880 – Alto da Boa Vista – Campos do Jordão
Telefone (12) 3662-2334
Sábado, 4, 21 horas
Ingressos: R$ 5 e R$ 2,50 (meia-entrada)

TEATRO INFANTIL

Festa do lixão

Petinho (garrafa pet), Rosinha (lata), Senhor Firmo Tozan (vidro) e Aída (pilha) estão no lixão. Muito animados, cantam e dançam, celebrando a mistura de todos os tipos de lixo. A personagem Adelaide (papel) se une ao grupo com a missão de falar sobre a coleta seletiva e o reaproveitamento do lixo. Interpretada pela companhia Galhofas e Dramas.

Auditório Cláudio Santoro

Avenida Doutor Arrobas Martins, 1.880 – Campos do Jordão – São Paulo Telefone (12) 3662-2334

Ingressos: R$ 2 e R$ 1 (meia-entrada)

Domingo, 5, 11 horas

O cravo e a rosa

Conta a história de amor entre o cravo, Cravínio, e a rosa, Rosidelma. Xico Abreu dirigiu e escreveu as letras do musical.

Teatro Sérgio Cardoso
Sala Paschoal Carlos Magno
Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo
Telefone (11) 3288-0136
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Sábados e domingos, 16 horas
Até o dia 26

EXPOSIÇÃO

Pintura, intervenções e fotografias

Neste mês, cinco exposições individuais entram em cartaz no Maria Antonia. Confira:

Paisagemnaturezamortaretrato – Luiz Zerbini combina pintura com instalação. O artista plástico realiza intervenção no espaço por meio de três obras: Auto-retrato, Paisagem e Natureza Morta.

Osso 008 – Jac Leirner traz uma série de trabalhos recentes com sacolas promocionais. A intervenção é feita com recortes, costuras e uso de diversos materiais, entre eles linha de nylon e manta de poliéster.

Vazio – A vídeo-instalação de Guto Araujo exibe simultaneamente quatro projeções que mostram o cotidiano de um grande prédio de apartamentos localizado no centro de São Paulo. As imagens foram feitas da janela de outro edifício.

Territórioland – Laerte Ramos apresenta cerâmicas produzidas em sua residência na Holanda. Xilogravuras, de sua autoria, completam a exposição.

Das horas – Exibe fotografias em preto e branco da fotógrafa Elisabete Savioli. A série apresenta o interior de uma habitação, fotografado sempre do mesmo ângulo, em diferentes épocas do ano e horários do dia.

Centro Universitário Maria Antonia – USP
Rua Maria Antonia, 294 – Vila Buarque – São Paulo
Telefone (11) 3255-7182
De terça a sexta-feira, das 12 às 21 horas. Sábados, domingos e feriados, das 10 às 18 horas.
Entrada franca
Até 16 de novembro

1968 – Vou ver

Debates, mostra de fotografias, mostra de filmes e lançamento de livros marcam as comemorações dos 40 anos da Batalha da Maria Antonia. Em outubro de 1968, o local foi palco de graves conflitos entre estudantes da Faculdade de Filosofia da USP e da Universidade Presbiteriana Mackenzie, cujas sedes eram vizinhas. O episódio foi marcado por violenta repressão policial, invasão e depredação dos edifícios da USP e a morte de um estudante. Confira a programação no site www.usp.br/mariantonia.

Centro Universitário Maria Antonia – USP
Rua Maria Antonia, 294 – Vila Buarque – São Paulo
Telefone (11) 3255-7182, ramal 38
De segunda, 6, a sexta-feira, 10, das 12 às 22 horas
Entrada franca

As belezas de fotógrafos argentinos

Em sua sexta edição, a mostra exibe fotografias produzidas por argentinos residentes no Brasil.

Memorial do Imigrante
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo
Telefone (11) 2692-1866
De terça-feira a domingo e feriados, das 10 às 17 horas
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)
Grátis no último sábado do mês e para maiores de 60 e menores de 7 anos
Até o dia 26

Campo dos sentidos

A mostra multissensorial Lights Out: Proposição fotográfica em outros campos dos sentidos exibe trabalhos dos artistas Sara Chi-Hang Wong e Leung Chi-Wo (China), Whitney Lee (EUA), Skoltz e Kolgen (Canadá) e Rochelle Costi (Brasil). Pela primeira vez no Brasil, o premiado trabalho City Cookie (dos chineses Sara Chi-Hang Wong e Leung Chi-Wo) apresenta obra, com três ampliações fotográficas, que retrata os céus de centros urbanos internacionais. As fotos servem de inspiração para a confecção de biscoitos que, adquiridos pelo público, servirão de moeda de troca. Dessa forma, o visitante registra sua percepção sobre a cidade na forma de imagem, performance ou texto.

Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158 – Jardim Europa – São Paulo
Telefone (11) 2117-4777
De terça a sexta-feira, das 12 às 19 horas; sábados, domingos e feriados, das 11 às 18 horas.
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)
Entrada franca aos domingos
Até domingo, 5

Última semana

Contemplação suspensa, do artista plástico Rubens Mano. A instalação, formada por uma estrutura suspensa, tem como complemento vídeo que percorre, do alto, a cidade de São Paulo.

Até sábado, 4

Tensão sobre a calma

O ensaio fotográfico de Arnaldo Pappalardo mostra o diálogo entre o tempo e o espaço numa série de 30 imagens, em preto e branco e em cores.

Até o dia 12

Pinacoteca do Estado
Praça da Luz, 2 – Luz – São Paulo
Telefone (11) 3324-1000
De terça a domingo, das 10 às 18 horas
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada). Grátis aos sábados

Galeria de arte urbana

Um muro com 120 metros de comprimento foi pintado por mais de 20 grafiteiros. As pessoas que passarem pelo local terão oportunidade de conferir o trabalho desses artistas urbanos participantes do Projeto Grafite, que tem o objetivo de inibir o vandalismo nos trens e estações da companhia.

Avenida Presidente Wilson, ao lado da estação Mooca da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM

Aquarela

Exibe 20 aquarelas da artista plástica Lídia Madeira. A artista retratou figuras humanas e paisagens seguindo sugestões históricas.

Espaço Cultural Casa do Lago
Rua Érico Veríssimo, s/n – Barão Geraldo – Campinas
Telefone (19) 3521-7017
Entrada franca
Abertura da exposição: terça-feira, 7
Até o dia 17

Era da divergência: Arte e cultura visual no México 1968 – 1997

Apresenta revisão histórica, acadêmica e crítica das experiências artísticas produzidas, no período de 1968 a 1997, à margem das correntes dominantes no México. Reúne cerca de 150 trabalhos (pinturas, móveis, bonecos, instalações de arte e fotografias) de artistas mexicanos.

Estação Pinacoteca
Largo General Osório, 66, Luz, São Paulo
Telefone (11) 3331-3768
De terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)
Grátis aos sábados
Até 16 de novembro

Músicos em grupo

Fotografias de Carlos Arantes e Eduardo Grassi registram apresentações do Projeto Músicos em Grupo, realizado em 2006 e 2007. Implantado em 1994 pela Seção de Atividades Culturais da Prefeitura do Câmpus de Ribeirão Preto, o programa tem o objetivo de integrar a comunidade por meio da música.

Centro de Visitantes do Câmpus da USP
Avenida Bandeirantes, 3.900 – Monte Alegre – Ribeirão Preto
De segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas
Abertura da exposição: quarta-feira, 8
Até 7 de novembro
Entrada franca