Metrô inicia maior pesquisa de mobilidade urbana do país

Entrevistas preliminares serão feitas nos principais terminais rodoviários da Região Metropolitana de São Paulo e Aeroporto de Congonhas

ter, 06/06/2017 - 12h58 | Do Portal do Governo
DownloadAlexandre Carvalho/A2img
Localizada em Santo Amaro, estação Adolfo Pinheiro atende passageiros da zona sul da capital

O Metro de São Paulo iniciou nesta terça-feira (6) uma pesquisa complementar de origem e destino nos três principais terminais rodoviários da capital do Estado. É o ensaio para a maior pesquisa de mobilidade urbana do Brasil, a Origem e Destino, realizada a cada dez anos.

O objetivo da Origem e Destino é mapear as atividades sócio-econômicas e todos os deslocamentos feitos na Região Metropolitana de São Paulo e seus acessos. Os resultados são utilizados em planejamentos e estudos dos setores de transporte, logística, saúde e educação.

A  pesquisa complementar abrange a chamada Linha de Contorno de São Paulo, que aponta as linhas de saída da Região Metropolitana. Serão entrevistadas, até 26 de junho, 5.500 usuários de terminais de ônibus do Tietê, Barra Funda e Jabaquara, para saber o local de origem e de destino dos passageiros. Também serão feitas entrevistas no Aeroporto de Congonhas, entre os dias 22 e 26 de junho.

A pesquisa Origem e Destino, por sua vez, será iniciada em agosto e vai coletar dados em 32 mil domicílios, 39 municípios, 22 rodovias e dois aeroportos, em um universo de 100 mil pessoas.