Sex, 29/02/08 - 11h59

110 escolas passam a ganhar adicional para áreas de vulnerabilidade

No total, 516 escolas estaduais terão funcionários beneficiados com maior remuneração

A Secretaria de Estado da Educação está ampliando a lista de escolas e profissionais que receberão o Adicional Local de Exercício (ALE), incentivo dado a funcionários de escolas (professores, diretores e outros servidores) em áreas de alta vulnerabilidade, na capital, Grande São Paulo, interior e litoral. Cento e dez escolas foram incluídas à lista, totalizando 516.

A determinação será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima semana. O benefício existe desde 1991 e nunca havia sido atualizado até o mês passado, quando a Secretaria passou a utilizar estudo da Fundação Seade. No total, cerca de 95 mil funcionários devem receber o adicional no salário. Os funcionários destas 110 novas escolas receberão o ALE retroativamente, ou seja, desde o início das aulas. O benefício é equivalente a 20% sobre o salário.

As áreas de vulnerabilidade de 1991 não são as mesmas de 2008, e por isso muitos funcionários que realmente trabalham em áreas de vulnerabilidade não recebiam o ALE. Até então, as Diretorias de Ensino estabeleciam quais escolas deveriam receber o benefício.

A Secretaria acrescentou estas 110 escolas após ouvir os funcionários e atualizar o banco de dados da pasta. A Fundação Seade classificou novas escolas e unidades que tinham passado por alterações, chegando ao acréscimo das 110 escolas. A idéia da Secretaria é atualizar o ALE sempre que houver mudança de vulnerabilidade no Estado.

"Esta mudança do ALE é muito importante para beneficiar os que realmente trabalham em áreas de grande vulnerabilidade. Agora há uma classificação condizente com a realidade, baseada em estudo", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

O benefício será dado às escolas instaladas nas áreas de nível 4, 5 e 6 de maior vulnerabilidade na Capital, Grande São Paulo e Interior.

As cidades do interior que receberão o Ale são: Bauru, Campinas, Franca, Guarujá, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Vicente e Sorocaba. Os funcionários de escolas rurais também serão beneficiados. São cerca de 5 mil funcionários da capital, Grande São Paulo e interior.

Confira aqui lista das novas escolas com ALE

Da Secretaria da Educação

(L.F.)

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar