Dom, 16/09/07 - 10h26

Hospital do Servidor Público Estadual assina parceria com Unicid

Pelo convênio, estudantes de medicina da universidade farão estágios no hospital

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público do Estado de São Paulo (Iamspe) e a Universidade Cidade de São Paulo (Unicid) assinam na segunda-feira, 17, às 10h30, no auditório do instituto, convênio para realização de programa de estágios em regime de internato no Hospital do Servidor Público Estadual “Francisco Morato de Oliveira” (HSPE).

O objetivo da parceria é oferecer aos alunos do 5º e 6º anos do curso de Medicina, a possibilidade de atuar em áreas como clínica médica, clínica cirúrgica, UTI, pediatria e maternidade, em um dos maiores e mais importantes hospitais do Estado de São Paulo, com a supervisão de médicos do hospital e acompanhamento da direção do curso de Medicina da Unicid.

Segundo o diretor do curso de Medicina da Universidade, professor Dr. José Lúcio Martins Machado, o convênio ampliará a prestação de serviços dos alunos à comunidade. “Trata-se também de uma oportunidade de aprendizado em um hospital que possui 46 anos de tradição no atendimento aos funcionários públicos estaduais, seus dependentes e agregados”, afirma.

Atualmente o hospital possui 1.150 leitos e realiza cerca de 3.100 atendimentos diários entre ambulatório e Pronto Socorro. Possui 45 serviços (especialidades) médicos, além de oito serviços não médicos –como nutrição, fonoaudiologia e fisioterapia. Todo mês são realizadas por volta de 1.200 cirurgias e mais de 310 mil exames laboratoriais.

Participam da assinatura do acordo o superintendente do Iamspe, Dr. José Ramos de Oliveira, o reitor da Universidade, professor Rubens Lopes da Cruz, o diretor do hospital, Dr. David Braga Junior, o diretor do curso de Medicina, José Lúcio Martins Machado e o diretor do Centro de Desenvolvimento e Pesquisa (Cedep), Fabio Schmidt Goffi. Estarão presentes ainda professores e alunos da universidade e os diretores de serviço do hospital.

O programa de internato do Hospital do Servidor Público Estadual teve início em 1968 e é procurado por universidades de todo o País. O convênio com 45 instituições permite aos alunos realizar suas horas de internato obrigatórias no hospital. “Essa parceria, no entanto, será a primeira em que o HSPE fará parte da grade curricular de um curso de medicina”, salienta Goffi, do Cedep. Com isso, os alunos de medicina da Unicid terão a possibilidade de aprender com alguns dos mais conceituados profissionais da área médica.

Medicina da Unicid

A Universidade Cidade de São Paulo, teve seu curso de Medicina aprovado pelo Ministério da Educação (MEC), de acordo com a Portaria nº 2.968, de 23 de outubro de 2002, após um criterioso estudo feito pelo próprio ministério e por conselheiros do Conselho Nacional de Educação. O curso de Medicina veio coroar uma longa tradição da Universidade em cursos na área da saúde, iniciada na década de 80 com os cursos de Enfermagem e Obstetrícia, Fisioterapia e Odontologia. O projeto pedagógico do curso foi baseado no PBL, Problem Based Learning, que significa Aprendizagem Baseada em Problemas. Trata-se de um modelo didático com 30 anos de experiência, em cursos da área de saúde em países como o Canadá, Estados Unidos e Holanda.

As características principais do PBL são: o processo de aprendizagem centrado no estudante, a utilização de pequenos grupos de alunos para cada professor-tutor, a aprendizagem baseada nos problemas mais freqüentes e relevantes a serem enfrentados na vida profissional, além das práticas vivenciadas pelos estudantes em laboratórios, ambulatórios, unidades de saúde da família, e estágios hospitalares.

IAMSPE

O IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) é uma autarquia ligada à Secretaria Estadual de Saúde cujo principal objetivo é prestar atendimento médico aos funcionários públicos estaduais, seus dependentes e agregados. Sua estrutura compreende o Hospital do Servidor Público Estadual “Francisco Morato de Oliveira” (HSPE-FMO) na capital, inaugurado em 9 de julho de 1961, o Iamspe ainda possui 18 Centros de Assistência Médica Ambulatorial (Ceamas) espalhados pelas principais cidades do interior paulista, além de centenas de convênios com importantes hospitais, clínicas e laboratórios, que atendem aos funcionários dentro de suas próprias regiões.

Completando 46 anos de existência em 2007, o Iamspe, mantido pelo desconto de 2% em holerite do funcionalismo público estadual, oferece um sistema de saúde moderno, eficiente, solidário e de baixo custo aos seus usuários, voltado principalmente para a humanização de seus tratamentos.

Da Universidade Cidade de São Paulo

(I.P.)

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar