Qui, 15/02/07 - 14h08

Programa facilita negociação de inadimplentes da CDHU

Taxa de juros sobre parcelas atrasadas caiu de 12% para 3% ao ano e pagamento à vista sem juros de mora

Aproximadamente 75 mil mutuários da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) devem mais de três parcelas de seus imóveis. Esse número equivale a cerca de 25% dos 306 mil cidadãos que participam dos programas de inclusão habitacional da instituição. Para incentivar a negociação do saldo devedor, a CDHU divulga algumas facilidades. A meta é reduzir para 20% a taxa de inadimplentes até o fim do ano.

“Para nós é muito importante ter o mutuário de volta pagando as parcelas e realizando seu sonho da aquisição da casa própria. Assim, preferimos menos retorno de investimento a não ter nenhum”, destaca o superintendente de Finanças e Orçamento da CDHU, Adão Borges Vasconcelos. Ele explica que desde o último trimestre de 2006 a instituição desenvolve o programa Sempre em Dia com o objetivo de reduzir a quantidade de inadimplentes e aumentar a arrecadação.

No final de 2005 havia 29% de mutuários com débitos em atraso. Hoje, esse porcentual caiu para 25%. A expectativa do programa é que o número inadimplentes chegue a 61,2 mil (20%) até o final do ano. Uma das estratégias da CDHU para alcançar a meta é realizar plantões de atendimento. No ano passado, a instituição realizou 7,9 mil plantões em 25 municípios do interior.

Neste ano, os funcionários visitarão 50 cidades nas quais pretendem atender 30 mil mutuários com parcelas em atraso. Em parceria com as prefeituras, os plantões são programados em locais públicos de grande circulação – terminal rodoviário, ginásio de esporte e escola.

Vantagens da negociação da dívida

- Ao recalcular o débito, a entidade aplicava 12% de juros ao ano sobre as parcelas atrasadas. Agora, o porcentual caiu para 3%.  Para pagamentos à vista não são cobrados juros de mora

- Na renegociação, o mutuário era obrigado a quitar pelo menos 10% da dívida. Hoje, pode ajustar pagamento de apenas uma prestação atrasada

- A companhia amplia os prazos de contratos. O período de atraso era recalculado e distribuído de acordo com esse prazo. Para incentivar a negociação, a CDHU faz novo cálculo, avalia a renda familiar e pode estender em até 120 meses o prazo de pagamento após o vencimento do contrato

- Revisão do valor da prestação caso o mutuário esteja desempregado. Neste caso, a companhia pode rediscutir a forma de pagamento por até três vezes em intervalos de seis meses

- Contrato de gaveta: mutuário que comprou a casa de terceiros pode regularizar o contrato na companhia sem a cobrança de taxa de R$ 350 exigida anteriormente

- Mutuário pode usar o Fundo de Garantia para quitar financiamento

- Serviços on-line: emissão de boleto (da parcela atual, até três parcelas vencidas e pagamento total) e cadastro de proposta para renegociação da dívida

- Caso em que a dívida está na Justiça: antes o prazo máximo para renegociação era de seis meses; agora, foi prorrogado para até cem meses

SERVIÇO

Mais informações sobre os serviços da CDHU na capital, Grande São Paulo e interior pelo telefone 0800 7723633 – Disque Poupatempo

Atendimento gratuito: de segunda a sexta-feira das 6 às 22 horas

Aos sábados, das 6 às 17 horas

Relação dos postos de atendimento na capital, Grande São Paulo

e interior e serviços on-line no site www.cdhu.sp.gov.br

Próximos plantões:

- Amanhã e sábado em Limeira: Centro de Promoção Social – Rua Doutor Veloso, 350 (ao lado do Ginásio de Esportes Volucato) – Vila São João –das 9 horas às 18h30

- Amanhã, sábado e domingo em Itatiba: Emef Prof. Eliete Aparecida Sanfins Fusussi – Rua Urbano Bezana, s/nº – Porto Seguro – das 9 às 18h30

Da Agência Imprensa Oficial

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar