Sex, 14/06/13 - 13h50

Governo de SP apresenta projeto para fim de desmanche ilegal

Proposta inédita no Brasil é de autoria do governador Geraldo Alckmin

Foi apresentado na manhã desta sexta-feira, 14, um projeto de lei inédito no Brasil, de autoria do governador Geraldo Alckmin, que regulamentará a atividade de desmanche e colocará fim aos estabelecimentos ilegais. O objetivo da proposta é restringir o comércio ilegal de autopeças de veículos sinistrados ou apreendidos, por ato administrativo ou judicial. 


Siga o Governo do Estado de São Paulo no Twitter e no Facebook


O projeto determina que todos os desmanches que não estiverem em acordo com a legislação tenham a inscrição estadual cassada pela Secretaria da Fazenda e a atividade interrompida.


"Estamos mandando um projeto de lei para a Assembleia Legislativa dizendo que só podem ser comercializados no desmanche veículos que forem adquiridos. Aqueles sinistrados ou apreendidos pela Polícia não podem, têm que ser compactados e não podem ter nenhum tipo de comércio", explicou o governador.


No caso do estabelecimento não cumprirem a determinação, será adotada a mesma medida já tomada com os postos de combustíveis. O Governo vai "retirar o CNPJ, ou seja, impedir a atuação no Estado de São Paulo". Alckmin completou: "não podemos permitir o comércio de peças roubadas, nem de veículos roubados."


A proposta deve reduzir as ações de roubo e furtos de automóveis, caminhões e motocicletas. O projeto deve passar ainda pela aprovação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.


Do Portal do Governo do Estado


 

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar