Ter, 31/01/12 - 08h45

Estado apresenta unidades móveis e anuncia vagas do Via Rápida Emprego

Meta é levar qualificação profissional gratuita para 125 mil pessoas; carretas percorrerão mais de 30 municípios até o final do ano

(Atualizado às 13h56)

O governador Geraldo Alckmin apresentou nesta terça-feira, 31, as quatro unidades móveis do Via Rápida Emprego, que levarão capacitação profissional a mais de 30 municípios paulistas. Durante o evento, também foram anunciadas as 125 mil novas vagas do programa para 2012. Até a segunda quinzena de maio serão oferecidas 41 mil. Desse total, 7,3 mil já estão disponíveis para 40 municípios e serão executadas até abril. São 3.068 vagas na capital, 896 na Grande São Paulo e outras 3.336 no litoral e interior.

"Nós temos uma rede de Via Rápida localizada nas nossas Etecs, Fatecs, Sistema S e Instituto Federal. Além da rede própria, temos as carretas. Serão 12 veículos, quatro delas já começando a percorrer o estado. Então, a carreta de soldagem vai ao ABC, São Bernardo, Mauá, vai a Santos, onde tem a Petrobras, também vai a Guratingueta, Vale do Paraíba, lugar de indústria metal-mecânica", explicou Alckmin.

Esse ano serão oferecidas mais de 150 opções de cursos, entre elas: informática, soldagem, tapeçaria, auxiliar administrativo, garçom, hotelaria, operador de máquinas agrícolas, eletricista, corte e costura, cabeleireiro, produção de açúcar e álcool, camareira. A lista completa está disponível e pode ser consultada no site www.viarapida.sp.gov.br.

"Das pessoas que estão fazendo cursos, mais de 80% estão desempregadas. Delas, 70% são mulheres, de todas as idades. Pessoas de qualquer idade podem fazer e elas se empregam rapidamente ou montam o seu negócio, viram pequenas empreendedoras. Vai ter um salão de beleza, fazer buffet, fazer pão, enfim, elas conseguem um trabalho", afirmou o governador.

Os cursos são intensivos, com duração de no máximo três meses e realizados em Escolas Técnicas (Etecs), Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado de SP e em unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Senac São Paulo (Atendimento Corporativo), do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat).

"Este ano, o programa ampliará o número de vagas e as modalidades de cursos. Além disso, as unidades móveis levarão qualificação profissional para diversas regiões. Até 2014, serão 12 postos itinerantes. Quando todos estiverem em operação, será possível atender às necessidades imediatas de formação de mão de obra, levando capacitação a um número ainda maior de municípios", destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Alexandre Barbosa.

Novas unidades móveis

Em 2012, o Via Rápida Emprego passa a contar com quatro unidades móveis: soldagem, vestuário, hospitalidade e imagem pessoal, que percorrerão mais de 30 municípios. As primeiras cidades a receberem a estrutura, em fevereiro, serão Campos do Jordão, Matão, São Paulo e Santos.

As carretas possuem área interna de aproximadamente 60 m² e são equipadas com instrumentos necessários para cada tipo de curso. Elas possuem capacidade para atender até 20 alunos por turma. As aulas terão duração de 80 a 100 horas e serão realizadas de segunda a sexta-feira, em três períodos.

A unidade de soldagem é equipada com painel simulador e dez cabines com ferramentas para a realização de aulas práticas. Já a carreta de vestuário, que oferecerá curso de Corte e Costura, tem máquinas de costura industrial e material para confecção. A de hospitalidade realizará capacitação profissional nas áreas de governança e hotelaria, garçom e camareira. Enquanto a de Imagem Pessoal oferecerá as modalidades de maquiagem, manicure, depilação e cabeleireiro. Cada unidade oferecerá 60 vagas.

Inscrições abertas

As inscrições para os cursos do Via Rápida Emprego já estão disponíveis e podem ser realizadas pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e residir no Estado de São Paulo. Os documentos necessários são RG e CPF. Os participantes recebem material didático e subsídio de transporte no valor de R$ 120. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210 durante o período do curso.

Sobre o programa

Lançado em 14 de julho de 2011, o Via Rápida Emprego é um programa do Governo do Estado que oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir seu próprio negócio. Os cursos são definidos de acordo com as demandas regionais.

Em 2011, o programa disponibilizou 30 mil vagas em mais de 400 municípios. Para este ano, a previsão é atender mais 125 mil cidadãos. As capacitações são intensivas, com duração de no máximo três meses. Isso permite ao aluno concluir o curso rapidamente e se candidatar às oportunidades de emprego.

Da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar