Qua, 19/05/10 - 20h30

Governo intensifica ajuda aos desabrigados pelas chuvas em Atibaia

Famílias receberam R$ 300 mensais de auxílio-moradia emergencial e R$ 1 mil do programa "Novo Começo"

A   secretaria  da  Habitação,  por  meio  da  Companhia  de Desenvolvimento Habitacional  e  Urbano  (CDHU), e a prefeitura de Atibaia assinaram nesta quarta-feira,  19,  convênio  para  atender  as  218  famílias desabrigadas  ou  desalojadas. Pelo  acordo,  elas recebem auxílio-moradia emergencial  de  R$  300,00 mensais e parcela única de R$ 1 mil do Programa "Novo   Começo".  A  cerimônia  contou  com  as presenças  do  diretor  de Atendimento Habitacional da CDHU, Antonio Carlos Trevisani, que representou o  secretário  de Estado da Habitação e presidente CDHU, Lair Krähenbühl, e do prefeito José Bernardo Denig.

As 218 famílias que receberam ajuda do Governo foram indicadas pela  prefeitura. Elas  tiveram  suas  casas  danificadas ou condenadas em decorrência  das  chuvas que  atingiram  o  município  no início do ano. O convênio  garante  que  o auxílio-moradia emergencial no valor de R$ 300,00 seja  pago  mensalmente até que as pessoas possam voltar para suas casas ou até que recebam atendimento habitacional definitivo por parte da CDHU.

O  diretor  Trevisani  falou  da  sensibilidade do governo estadual para ajudar  as famílias desabrigadas por causa das fortes chuvas que caíram no mês  de janeiro no município. De acordo com Trevisani, os auxílios ajudarão bastante, tanto para as que já estão pagando aluguel, como para as que irão procurar uma nova moradia.

O prefeito José Bernardo Denig parabenizou a ação emergencial do governo paulista às  famílias  atibaienses.  "O objetivo é que vocês possam também conquistar a casa própria. Estamos trabalhando para que esse sonho se torne realidade", afirmou.

O auxílio foi instituído pelo decreto estadual nº 55.334 e ampliado pelo decreto  nº 55.370. Os recursos são provenientes da Secretaria da Habitação  e  as  prefeituras em  estado  de  calamidade  ou  situação  de emergência,  atestado  pela Coordenadoria  Estadual da Defesa Civil, devem fazer  a  solicitação  à  CDHU  e apresentar a relação das famílias a serem atendidas.

Já  o  Programa  "Novo Começo" amplia o atendimento aos desabrigados com parcela única de R$ 1 mil. Com esta ajuda, as famílias podem se recompor de perdas e começar a reconstrução de suas vidas. Esses recursos extras são do Fundo  Estadual de  Assistência  Social  (FEAS). A Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social repassa a verba à CDHU e, a Secretaria da  Habitação  faz a coordenação, supervisão, o acompanhamento e o controle do  programa.  Levando  em  consideração  a condição de vulnerabilidade dos participantes do programa e a necessidade de rápido atendimento, a CDHU irá transferir diretamente o benefício às famílias cadastradas.

A  Companhia  assinou  esse  ano  convênios  com outras sete cidades que estavam na  mesma  situação: Capivari, Cunha, São Luiz do Paraitinga, Mogi das Cruzes, São Bernardo do Campo, Cotia e Ribeirão Pires.

Da CDHU

Comentários: 0


Comentário fechado

Após 1 mês de publicação o comentário fica bloqueado. Envie sua mensagem para o fale conosco.

Enviar

Faça seu Cadastro

Cadastre-se para poder comentar as notícias além de receber conteúdos exclusivos.

Cadastrar

Atualize seu dados

Mantenha seus dados cadastrais atualizados para ampliar sua participação junto ao portal.

Atualizar