Exposição reúne 30 cartazes na Estação Água Branca

Gratuita, intervenção artística “Ó: caminho, estrada, avenida” revela nas paredes da estação parte da história da Freguesia do Ó

sex, 16/02/2018 - 16h03 | Do Portal do Governo

​​“Ó: caminho, estrada, avenida” é a nova intervenção artística da Estação Água Branca, que serve a Linha 7-Rubi da CPTM. A arte ganha vida nas paredes e o público pode conferir 30 cartazes, parte do livro “Ó: caminho, estrada, avenida”.

O artista Gilberto Tomé é o autor da exposição que tem como base fotos antigas reproduzidas a partir do Acervo do Santa Marina Atlético Clube e fotografias atuais.

A obra, de texto e imagem, ilustra a paisagem ​paulistana, numa abordagem poética e subjetiva de fatos históricos. Assim, os usuários que passam pela estação têm recontada a história da origem do bairro da Freguesia do Ó.

As peças são impressas em serigrafia no tamanho 60×90 cm. “Essa intervenção é, antes de tudo, uma experiência gráfica de fusão entre duas linguagens: a do livro e a do cartaz”, explica o autor.

Trata-se de um projeto de livro em grandes dimensões. “As páginas apresentam-se dobradas em cadernos, porém soltas, sem grampos ou qualquer tipo de costura, com textos e imagens, como cartazes”, comenta Tomé.

A região da Freguesia do Ó ficou conhecida como o antigo Caminho de Manuel Preto, um dos principais bandeirantes paulistas. Anos mais tarde, recebeu o nome de Estrada de Nossa Senhora do Ó. Já no início do século 20, transformou-se na avenida Santa Marina, a mais antiga ligação entre a Água Branca e a Freguesia do Ó.

A exposição fica em cartaz na Estação Água Branca até dia 28 de fevereiro e é grátis para usuários.