São Paulo inaugura Museu do Futebol

29/09/08

São Paulo tem o primeiro Museu do Futebol do país. Instalado no Estádio do Pacaembu, na Praça Charles Miller, na zona oeste da capital, o Museu do Futebol foi inaugurado nesta segunda-feira, 29.  O novo espaço permitirá aos visitantes entender como o futebol, um esporte inglês, de elite e branco, aos poucos ganhou novos traços e se tornou brasileiro, popular e mestiço, como a própria cultura brasileira.

A partir de três eixos - emoção, história e diversão, o museu vai contar a história do futebol. Vai mostrar, por exemplo, o que futebol tem a ver com arte, o impacto do esporte na vida das pessoas, a história das Copas do Mundo, além de garantir a interatividade com o público. Os visitantes terão acesso a uma seqüência de experiências visuais e sonoras que relacionam o esporte e a vida brasileira no século XX. Ao todo, são seis horas de imagens exibidas em vídeos no Museu.

O Museu ocupa uma área de 6,9 mil metros quadrados, no chamado ‘avesso’ das arquibancadas, ou seja, dentro de um espaço que fica embaixo das arquibancadas, na entrada principal do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o nome oficial do Pacaembu. Ele ocupa o espaço que antes compunha os alojamentos e restaurante, que já não eram utilizados.

Orçado em R$ 32,5 milhões, o Museu é uma iniciativa do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo, com a parceria da Fundação Roberto Marinho, que captou recursos com a iniciativa privada, pela Lei Rouanet. Depois de inaugurado fará parte da rede estadual de museus. Será administrado por uma Organização Social criada exclusivamente para a gestão do espaço, vinculada à Secretaria Estadual da Cultura.

Em visita ao museu na última semana, o governador José Serra participou da gravação de um quadro que fará parte da exposição do museu. Diversas pessoas serão convidadas a contar qual foi o gol que marcou sua vida e o gol será mostrado em vídeo ou fotografia, no caso daqueles que não tiverem sido televisionados. De tempos em tempos, novos depoimentos serão colhidos e apresentados na mostra. Para Serra, o gol mais marcante foi o de Pelé, numa partida da Seleção Brasileira contra a Seleção Francesa, na disputa das semifinais da Copa do Mundo de 1958. A partida terminou em 5 a 2 para o Brasil.

Serviço

Abertura ao público: 1/10                                                   Site: www.museudofutebol.org.br                
Funcionamento: de terça a domingo das 10h às 18h

O museu não funcionará em dias de jogos no Pacaembu.
Ingressos: Inteira R$ 6,00. Estudantes, idosos e portadores de deficiência: R$ 3,00.

Cíntia Cury