Seads comemora 40 anos

07/12/07

O evento de comemoração será realizado na próxima segunda-feira, 10, a partir das 15 horas, na Congregação Israelita Paulista – CIP, rua Antonio Carlos, 653, Cerqueira César, São Paulo-SP. São esperadas cerca de 500 pessoas, entre funcionários e ex-funcionários, secretários de estado, ex-secretários da Seads demais autoridades.

Responsável pela formulação, coordenação, articulação e monitoramento da Política Assistência e Desenvolvimento Social no estado de São Paulo, a Seads beneficia anualmente cerca de 1,5 milhão de pessoas, entre atendidos por programas de transferência de renda (Ação Jovem e Renda Cidadã) e outras ações sociais executadas em parceria com municípios e entidades sociais.

Durante as últimas quatro décadas, a Seads conquistou credibilidade na área social, acumulou experiência e se tornou pioneira em diversas iniciativas. Em 2004, a Seads implantou, de forma inédita no Brasil, o Convênio Único de Proteção Social com cada um dos municípios paulistas, se antecipando à implantação do SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

Esta forma de convênio respeita a autonomia dos municípios e delega poderes para estimular a formulação de políticas sociais inovadoras. A Seads co-financia os projetos sociais elaborados pelos municípios, além de monitorá-los e avaliá-los. Assim, cada cidade pode adotar as soluções mais adequadas em favor das famílias, crianças, jovens, idosos, pessoas com deficiência, migrantes e população em situação de rua.

A Seads ainda é responsável pela coordenação da Virada Social, um programa do governo do Estado, que tem por objetivo promover a qualidade de vida com segurança a regiões com altos índices de violência e vulnerabilidade social. Após a entrada de Tropas Especiais da PM, órgãos públicos do Governo do Estado, da Prefeitura e entidades sociais iniciam ações ligadas às áreas da saúde, educação, revitalização urbana, cultura, assistência social, cidadania, trabalho, saneamento e outras melhorias na qualidade de vida dos moradores locais. O jardim Elisa Maria, na zona norte da Capital, foi o primeiro bairro a receber a Virada Social, em maio de 2007.

Sobre a Seads

O governador Abreu Sodré criou a primeira estrutura da Secretaria de Promoção Social em 29 de dezembro de 1967, como parte da reforma administrativa voltada a coordenar ações e programas de promoção social, cultura, educação física, esportes e turismo dispersos em vários órgãos.

Criada pelo decreto nº 49.165 a missão da nova secretaria era “promover a ação comunitária visando melhorar as condições sociais e econômicas da população e atendimento a menores abandonados, necessitados, idosos desamparados, migrantes, vítimas de calamidades”. E mais: cuidar das mães solteiras, dos mendigos e das prostitutas.

O Brasil mudou nessas quatro décadas e a Secretaria precisou se adaptar às novas demandas sociais. Passou por oito alterações de nomes até a sua definição como Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social - Seads.

Da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social

(I.P.)