Cultura

José Luiz de França Penna

Secretário de Estado

É ator, cineasta, cantor e compositor. Natural de Natal (RN), foi criado na Bahia onde ingressou no Seminário Livre de Música da Universidade Federal da Bahia. Já radicado em São Paulo, no fim dos anos 60, atuou em duas montagens ícones da época: Arena conta Zumbi, de Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal, e Hair, original de Gerome Ragni e James Rado. Em seu trabalho musical compôs com diversos parceiros. Com Belchior, assinou a mais conhecida de suas composições: Comentário a Respeito de John. E com Tiago Araripe e Paulinho Costa, criou o Papa Poluição, uma das bandas pioneiras na fusão do rock com ritmos regionais nordestinos, ganhando a cena alternativa paulistana.

Nos anos 80, assinou a trilha sonora de Sargento Getúlio (1983), A Fronteira das Almas (1987) e a assistência de direção de Louco por Cinema (1994), de André Luiz Oliveira, e Mário (2000), de Hermano Penna.

Paralelamente à carreira artística, Penna impulsionou projetos de natureza sociocultural e ambiental. O primeiro foi a criação do Centro Cultural de Vila Madalena, hoje referência em São Paulo, que possibilitou a mobilização por intervenções urbanas e paisagísticas destinadas à elevação da qualidade de vida no bairro e em seu entorno. A principal delas foi a criação, em meados dos anos 90, do Parque Villa-Lobos, hoje uma área de 732 mil m², com equipamentos de lazer e esportes, anfiteatro e um bosque de Mata Atlântica.

Por São Paulo, Penna foi vereador (2009-2010), deputado federal (2011-2014) e deputado federal (2015). Na Câmara dos Deputados foi presidente da Comissão de Meio Ambiente.

Serviços e informações

Endereço:

Rua Mauá, 51, 1º andar, Luz – CEP 01028-900 – São Paulo – SP
Fone: (011) 2627-8000 | Fax: (11) 3221-4744

E-mail: secretario@cultura.sp.gov.br

Visitar site

Mais orgãos e entidades