Alckmin discursa na entrega do Poupatempo de Marília

Geraldo Alckmin: Boa tarde, boa tarde a todas, boa tarde a todos, quero saudar o nosso prefeito anfitrião, Mário Bulgarelli; dona Fátima Bulgarelli, presidente do Fundo Social de Solidariedade;o vice-prefeito, Ticiano Toffoli; o vereador Yoshio Takaoka, presidente da Câmara, pessoa de quem quero cumprimentar todos os vereadores daqui da região, deputado Federal Abelardo Camarinha, deputado […]

dom, 20/02/2011 - 17h55 | Do Portal do Governo

Geraldo Alckmin: Boa tarde, boa tarde a todas, boa tarde a todos, quero saudar o nosso prefeito anfitrião, Mário Bulgarelli; dona Fátima Bulgarelli, presidente do Fundo Social de Solidariedade;o vice-prefeito, Ticiano Toffoli; o vereador Yoshio Takaoka, presidente da Câmara, pessoa de quem quero cumprimentar todos os vereadores daqui da região, deputado Federal Abelardo Camarinha, deputado Estadual Vinícius Camarinha, o nosso secretário-chefe da Casa Civil… Cadê o Beraldo? Dá um pulinho aqui Beraldo. O Beraldo que iniciou e pôs em sequência todo esse… Beraldo é o grande, coordenou a equipe; ele era o secretário de Gestão do (José) Serra e fez um belíssimo trabalho, parabéns ao Beraldo, que hoje nos alegra como chefe da Casa Civil.

Quero cumprimentar o deputado federal Júlio Semeghini, que é o secretário de Gestão, um dos maiores especialista em TI, em Tecnologia de Informação, foi presidente da PRODESP, é um craque na área e vai fazer um belíssimo trabalho; Deputado Federal Edson Aparecido… Cadê o Edson? Secretário do Desenvolvimento Metropolitano, amigo aqui da região; dos nossos sempre deputados, doutor Nechar, que eu vi aqui, estava aqui conosco, está lá o doutor Nechar; Zuza Abdul Massih, nosso amigo, um abraço à esposa; prefeitos de Canitar, o Arceu; Oriente, o Móris; Alvilândia, o Elizeu; Quintana, o Fernando; Echaporã, o Osvaldo; Lupércio, João; Pompéia, o Oscar; Óleo, o Jordão; Álvaro de Carvalho, o Ademar Marcondes; Garça, o Cornélio Marcondes; Tarumã, o Jairo; Ocauçu, o Dorival; Tupã, o Valdemir; Guarantã, o China; Arco-Íris, o Zé Luiz; Guaimbê, Valdir; Duartina, o Aderaldo; Parapuã, o Antonio Alves; Santa Cruz do Rio Pardo, vi aqui a Maura; Lutécia, o Evaldo; saudar o Júlio Marcondes, ex-deputado, ex-prefeito, um amigo muito querido; o Marcos Mourão, doutor Marcos, delegado de Polícia; o diretor-geral do Instituto de Identificação do Estado de São Paulo, Roberto Avino; a Tânia Andrade, que é a superintendente; o Valdir Guerra… Cadê o Guerra? Guerra, dá um passinho aqui para frente. O Guerra é o administrador aqui do Poupatempo.

E eu tenho certeza de que esse PoupaTempo vai ser um sucesso, que ele tem 86 companheiras de trabalho aqui, a sua equipe, 70 mulheres, então já vai ser um sucesso total aqui, não é? O companheiro, vereador Damasceno; uma alegria ter aqui a dona Elza Guerra: muito obrigado pela sua presença carinhosa. Vocês conhecem… Amigas e amigos. Vocês conhecem a história de um prefeito, viu Julinho, do nosso tempo, que fazia muitas citações. E o governador da época, com muita pressa, e ele: “Senhor governador, senador, deputado, prefeito, vereador, diretor, presidente…”. Aquilo era infindável. O governador, com pressa, falou: “Prefeito, vamos ganhar tempo. Economia processual: duas citações. Você sempre faça duas. Vai num hospital: profissionais de saúde e pacientes. Vai numa escola: professores e alunos. Você vai num lugar com muita gente: senhoras e senhores. Olha, duas! Vai ganhar tempo, economia processual”. Aí o prefeito entendeu, passados uns meses, teve uma solenidade no cemitério municipal, e a secretária já levou para o prefeito aquele pacote de fichas e tal. Ele lembrou do governador, guardou as fichas, pensou, pensou… “Meus conterrâneos e meus subterrâneos…”.

Amigas e amigos, é uma alegria estarmos juntos aqui nessa progressista cidade de Marília, uma das mais progressistas cidades do Brasil, a capital do alimento, a capital do desenvolvimento. Quero saudar também aqui o Zé Ursílio cumprimentando toda imprensa e os amigos, e dizer que é uma alegria. Aqui o dinheiro é de vocês, foi investido R$ 6,4 milhões para readaptar aqui todo esse prédio. Ficou muito bonito, muito bem instalado, muito funcional e quase R$ 3 milhões para equipar. Nós temos aqui o que há de ponta em termos de governo eletrônico, de e-Gov. Quase 2 mil serviços eletrônicos, e uma equipe muito bem treinada. Eu tenho um professor de inglês em São Paulo, Paulo Meyer. Ele é muito engraçado, ele tem uma banda de rock dos anos 1970. E essa semana ele foi lá e falou: “Olha doutor Geraldo, eu fui no Poupatempo de Cidade Ademar, lá em São Paulo, e fiquei muito impressionado com a qualidade do atendimento, com a gentileza dos funcionários e das funcionárias com o capricho, com a atenção, mostrando que o serviço público, ele pode e deve ser de qualidade”.

Então Marília recebe, Bulgarelli, o top, Poupatempo é sinônimo de excelência em serviço público de qualidade e de eficiência. Ninguém fura fila, não tem carteirada. Todos tratados com respeito e com eficiência, como deve ser todo o serviço público. E vai beneficiar Marília e a região. É uma grande conquista aqui para a região. Queria também trazer uma palavra sobre saúde. O governo comprou aqui um outro hospital, que é o Hospital São Francisco. Temos aqui o Hospital das Clínicas da Famema (Faculdade de Medicina de Marília), que é o orgulho de São Paulo, temos aqui a Santa Casa de Misericórdia, que fiquei feliz de ver aqui o provedor. Nós estamos fazendo aqui o hospital universitário, nós estamos fazendo aqui o serviço Lucy Montoro, que é, em matéria de fisioterapia e reabilitação, padrão Sarah Kubistchek, é hospital e ambulatório aqui o serviço Lucy Montoro. Órtese, prótese, reabilitação, toda parte reabilitadora. E nós vamos fazer aqui uma parceria para ampliar o atendimento a dependentes químicos, seja de álcool, seja de droga.

Então, às vezes há um preconceito em relação a saúde mental. É um preconceito, mas na realidade quem tem dependência química, isso é doença, como é apendicite, como é pneumonia, e às vezes até tratamentos difíceis, mas é possível fazer um bom trabalho, dar a mão e ajudar. E infelizmente nós temos um número grande de jovens, e até de outras idades, com problema de alcoolismo ou de dependência química de drogas. Então fazer um grande trabalho, somando esforços com as instituições que tem a expertise na área e com a prefeitura municipal. A Lucy Montoro também, no meio do ano, segundo semestre, deve estar em funcionamento e vai ser também outra retaguarda aqui para toda a região. Tem muitos prefeitos aqui, e prefeitas. Nós vamos fazer um programa novo de apoio ao Ensino Infantil. Criança de zero a cinco anos é Prefeitura, é creche e pré-escola. A criançada é o município. Então nós vamos ajudar as Prefeituras. Nós pretendemos abrir 250 mil vagas em creche; 250 mil vagas em creche para poder, as mães, poderem ter segurança que seus filhos estão em locais com pessoas que possam cuidar com carinho deles. A gente toda hora vê no jornal acidente com criança pequena, pequenininho. Então é preciso ter cuidado. Há uma historinha árabe em que perguntaram a uma mãe qual dos filhos ela mais amava e ela respondeu: “O pequenino, até que cresça; o doente, até que sare; o ausente, até que volte”. O pequenino até que cresça. Quanto menorzinho, mais cuidado precisa ter. Então nós vamos… Prefeitos, podem procurar a Secretaria da Educação, que nós vamos começar a liberar os recursos para as creches e para o Ensino Infantil aqui no Estado de São Paulo.

E nós temos ETEC e FATEC aqui em Marília e na região. A FATEC aqui, eu acho que só tem um curso e nós pretendemos então, se a gente conseguir ampliar aqui o prédio… E tem em Pompéia um curso inovador. O curso da FATEC de Pompéia, que é uma extensão de Marília, uma extensão do campus de Marília, é Tecnólogo em Mecânica de Agricultura de Precisão. Isso só tem em Oklahoma, nos Estados Unidos. Tecnólogo em Mecânica de Agricultura de Precisão, coisa de ponta na área da agricultura e nós pretendemos ter mais cursos aqui, vamos tentar arrumar aqui para poder expandir o prédio. Aliás, recebi de uma mãe, nós estamos vindo de Araçatuba e uma mãe me deu esse bilhetinho aqui, a Noir Garcia: Minha filha Giovana estudou no Ensino Médio da ETEC e fez Técnica em Informática – ela fez os dois na ETEC, o Ensino Médio e o Técnico de informática, fez os dois cursos – passou em Universidade Federal, foi selecionada em mais de oito mil alunos como uma das melhores e ganhou uma bolsa, vai ficar 30 dias estudando inglês nos Estados Unidos; aluna nossa, das nossas ETECs e FATECs.

Finalmente queria trazer uma palavra sobre a moradia. Nós já temos aqui o Parque das Vivendas, um programa de desfavelamento, temos 210 unidades em construção, e tendo o terreno, a gente vai ampliando mais rapidamente. Sobre o aeroporto, nós temos um bom aeroporto aqui em Marília, o aeroporto não é pequeno, serve para grandes aeronaves, mas se alguma empresa quiser vir para cá para atender aqui a região, e precisar de investimento, nós vamos fazer. Mas tem que ter o compromisso. Eu sei que, por exemplo, a Azul, ela está querendo vir para cá. Se tiver o compromisso, porque se nós vamos gastar um dinheirão para reforçar pista, reforço de base, pátio e tudo isso, e depois fica ocioso. E governar é escolher. O dinheiro é limitado, e a gente precisa aplicar onde beneficia mais a população. Então se tiver compromisso, a gente investe para poder atender aqui a região.

Mas quero deixar um grande abraço, agradecer aqui e cumprimentar a equipe do Poupatempo. Esse sorriso, essa gentileza, essa vocação de servir, é que faz a diferença, não só no serviço público, também na administração privada. E a gente se orgulha de ter uma instituição como o Poupatempo, que é o retrato do que deve ser o serviço público em São Paulo.

Deixo um abraço aqui para o Bulgarelli, conte conosco, vamos trabalhar muito juntos em beneficio da população. Agradeço aos nossos deputados, o Abelardo e o Vinicius Camarinha, os nossos parlamentares. Vamos trabalhar em beneficio da região. Cumprimento aqui os prefeitos, como eu já fui prefeito, vamos somar esforços aí. Daqui a pouquinho passa a chuva, vamos aproveitar para gente mandar bala nas obras aí para arrumar as coisas. E especialmente um grande abraço à população aqui de Marília, a cidade de maior hospitalidade.

Muito obrigado, Marília!