Memorial do Imigrante

Milton Michida Memorial do Imigrante

Memorial do Imigrantes

A Hospedaria do Imigrante foi criada para reunir e preservar a documentação, memória e objetos de imigrantes que vieram para o Brasil em busca de esperança, aventuras, fortuna ou simplesmente fugindo de uma situação difícil nas suas pátrias de origem. Instalado em um dos poucos edifícios centenários da cidade de São Paulo, o museu ocupa parte da antiga Hospedaria, um imponente complexo, construído entre 1886 e 1888 no bairro do Brás, com finalidade de receber e encaminhar ao trabalho os imigrantes trazidos por conta do governo. De 1882 a 1978, passaram por ali mais de 60 nacionalidades e etnias, todas devidamente registradas em livros e listagens. Eram atendidas cerca de 3 mil pessoas por vez e, em casos extremos, até 8 mil. Além do trabalho de divulgação destas histórias, há também a recuperação dos carros de madeira (o termo vagão é usado quando se trata de transporte de carga), da antiga São Paulo Railway. Dois deles estão restaurados, sendo um carro de bagagem, correio e chefe de trem, de 1914, e outro de passageiros, 2ª classe, de 1931. O Memorial do Imigrante é uma justa homenagem aos homens e mulheres que, com seus sonhos, vontade de vencer e muito trabalho, transformaram São Paulo e o Brasil.

Atualmente, o museu encontra-se fechado para reforma.

Memorial do Imigrante
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 - Mooca - São Paulo/SP 
Fone: (11) 2692-1866 
Site: www.memorialdoimigrante.org.br
O museu encontra-se fechado para reforma.