Ações de Governo

Saúde

Apresentação

Regionalização da saúde é marca de gestão

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo tem dado importantes passos para agilizar e aumentar a eficiência no atendimento à população usuária da rede pública de saúde. Além de reformar e construir hospitais, centros de especialidades que são referência até mesmo em outros países e laboratórios para produção de medicamentos e vacinas, a pasta trabalha sob um novo e moderno modelo de gestão, que contempla o usuário do sistema público de saúde em sua região. É a regionalização da saúde, que veio para garantir que cada região do Estado tenha o necessário para garantir o atendimento à população sem que os pacientes tenham que viajar à capital.

Hospitais estaduais e centros de saúde passam por constante modernização.

São Paulo oferece à população centros de excelência em saúde que atendem pelo SUS: o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, o Hospital de Transplantes, a Santa Casa de Misericórdia, o Hospital Pio XII de Barretos, o Instituto Emílio Ribas de Infectologia, o Dante Pazzanese, entre muitos outros.

Tecnologia

Diagnóstico online por imagem é pioneiro

Trata-se da primeira rede de diagnóstico por imagem da América Latina. O Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (SEDI) reúne tecnologia de ponta e médicos de plantão 24 horas. Eles recebem imagens em tempo real e emitem rapidamente laudos online dos exames encaminhados por hospitais e centros de saúde estaduais.

1ª Central Online de Vagas de Urgência e Emergência pelo SUS do Brasil – Seu objetivo é monitorar a disponibilidade e agilizar a transferência de pacientes com quadros graves e que precisam ser internados em leitos de UTI ou realizar procedimentos complexos, como cirurgias cardíacas e neurológicas.

O Estado de São Paulo ganhou o maior laboratório destinado a pesquisas sobre o câncer da América Latina - O Centro de Investigação Translacional em Oncologia do Icesp, é a unidade coordenadora de uma rede composta por 20 grupos que atuam em pesquisa básica e aplicada em oncologia.

Sala Híbrida do Instituto Dante Pazzanese - O serviço do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia permite que exames feitos com imagens de alta resolução e em 3D ajudem a guiar cirurgias cardíacas complexas, incluindo as coronarianas e vasculares. Os exames e procedimentos cirúrgicos serão realizados em um único local. O espaço ocupa uma área de 130 m² e conta com uma sala híbrida, que reúne o aparato de um centro cirúrgico ao uso de um equipamento de ponta na área de diagnóstico: o Artis zeego, um robô alemão que executa até oito diferentes movimentos. O robô que compõe a sala híbrida do Dante ainda permite importar imagens diagnósticas de exames anteriores realizados pelo paciente, para ajudar na condução do procedimento.

Ames

População pode realizar consultas com especialistas

O Governo do Estado tem dado importante contribuição para desafogar a rede de saúde com a criação dos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs).

Nessas unidades, é possível realizar consultas com especialistas (cardiologistas, endocrinologistas, neurologistas, pneumologistas e gastroenterologistas), além de fazer todos os exames.

Nas AMEs, estão disponíveis desde um simples raio-X até procedimentos mais complexos, como a eletroneuromiografia e a densitometria óssea. 

Programa Dose Certa

Remédio de graça para a população

O Dose Certa é o Programa de Assistência Farmacêutica Básica da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo que fornece, gratuitamente, medicamentos para os municípios do Estado. Os produtos são, em sua grande maioria, fabricados pela Fundação para o Remédio Popular – Furp e entregues, sem intermediários, conforme cronograma estabelecido.

Os medicamentos oferecidos cobrem a maioria das doenças de maior incidência. São distribuídos analgésicos, antitérmicos, antibióticos, antiinflamatórios, vitaminas, pomadas e medicamentos para tratamento da hipertensão.

Fábricas de Saúde

Duas novas fábricas, uma em Guarulhos e outra em Américo Brasiliense, foram equipadas pelo Governo do Estado para ampliar a oferta de medicamentos, por meio da Fundação para o Remédio Popular.

A fábrica de Guarulhos produz diversos medicamentos, entre eles psicotrópicos, antibióticos e medicamentos para tuberculose e hanseníase. Já a Furp de Américo Brasiliense é a primeira fábrica pública de medicamentos genéricos do Brasil.

Ainda na área de produção de medicamentos, o Estado conta com a fábrica de vacinas do Instituto Butantan.

Pró-Santas Casas

Programa complementa repasse do SUS

O Governo do Estado distribui recursos extras para Santas Casas e hospitais filantrópicos. Estes recursos são referentes ao programa estadual Pró-Santas Casas, que oferece auxílio mensal fixo para compensar o déficit que essas instituições têm com a tabela de procedimentos do SUS.

Lei Antiálcool

Ações incluem suporte, tratamento e educação

O governo do Estado de São Paulo lançou um programa para combater o consumo de álcool na infância e adolescência. A ação conta com o apoio do Ministério Público paulista e representantes dos bares, supermercados e restaurantes. Também contempla diversas secretariais, como Saúde, Educação, Segurança Pública, Justiça e Comunicação, além de órgãos como o PROCON-SP e a Vigilância Sanitária do Estado.

A ação inclui tratamento, educação e fiscalização do consumo indevido de álcool por adolescentes nos estabelecimentos comerciais do Estado.

O estabelecimento que infringir a lei pode ser multado, além de ser interditado por 30 dias, ou até mesmo perder a inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS. A penalidade é aplicável a quem venda, ofereça, entregue ou permita o consumo, em suas dependências, de bebida com qualquer teor alcoólico para menores de 18 anos de idade em todo o Estado.

O estabelecimento que infringir a lei pode ser multado e interditado por até 30 dias

O valor da multa, que dobrará em caso de reincidência, será estipulado conforme o faturamento do estabelecimento e a natureza da infração, que poderá ser classificada como leve, média ou grave.

Servidor Valorizado

Reestruturação nas carreiras

O Governo do Estado promove a reestruturação nas carreiras da saúde e das áreas administrativas por meio da unificação de cargos, permitindo mais agilidade na ascensão profissional.

Humanização da Saúde

Política Estadual de Humanização

A Secretaria da Saúde está humanizando o atendimento nos hospitais e AMEs (Ambulatório Médico de Especialidades). A proposta é utilizar experiências de sucesso em atendimento humanizado adotadas no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) e expandir projetos para toda a rede estadual, beneficiando pacientes, acompanhantes e os funcionários das unidades.

A nova Política Estadual de Humanização tem como principal objetivo facilitar uma mudança na cultura e no modelo de gestão das organizações de saúde ligadas ao SUS (Sistema Único de Saúde), possibilitando um novo padrão de comunicação, participação e integração entre gestores, profissionais e usuários.

Um dos focos prioritários será o desenvolvimento de programas de acolhimento dos pacientes e acompanhantes, com orientação e apoio na primeira consulta, no momento de internação e da alta e, em caso de óbito, até mesmo no processo de luto, enfocando aspectos emocionais, éticos, sociais e legais. O acolhimento também incluirá contato permanente com a equipe de enfermagem para orientação e informações.

Queda da mortalidade infantil

Índices caíram nos últimos 20 anos

A mortalidade infantil tem diminuído nos últimos 20 anos, no Estado de São Paulo. Na última década, dos 645 municípios paulistas, 301 apresentaram índices de mortalidade infantil inferior a dois dígitos, comparável aos de países desenvolvidos.

Mais informações

Secretaria Estadual do

Saúde

www.saude.sp.gov.br

Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 188 CEP 05403-000 São Paulo - SP

(0xx11) 3066-8000