Transportes Metropolitanos

Transportes Metropolitanos

Para dar resposta às necessidades de deslocamento e mobilidade dos paulistas, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos investe na melhoria e expansão da malha metroferroviária, na modernização de trens e estações, em novos corredores de ônibus para facilitar o trânsito nas regiões metropolitanas e na integração do sistema de transportes.

Estão vinculadas à STM a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM e a Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô.

Juntos, Metrô e CPTM transportam 75% de todas as pessoas que utilizam trens e metrôs em todo o Brasil. São 7,8 milhões de pessoas que utilizam o sistema metroferroviário paulista diariamente.

Veja abaixo as principais realizações do Governo do Estado em Transportes e Mobilidade Urbana:

PROGRAMAS E AÇÕES

NOVAS LINHAS E EXPANSÃO

O Governo do Estado estabeleceu como prioridade a expansão e modernização da rede do Metrô e da CPTM. Para isso, garantiu um investimento de R$ 27,3 bilhões entre 2011 e 2016. Nesse período, quinze novas estações foram entregues (11 do Metrô e quatro da CPTM), acrescendo ao sistema 18,6 km de trilhos. Na CPTM, outras 10 estações foram totalmente reconstruídas e modernizadas.

São Paulo tem hoje o maior canteiro de obras da América Latina. Atualmente, são cinco linhas, 30 estações e 44,3 km de trilhos em obras.

NOVOS TRENS PARA A CPTM

Toda a frota da CPTM está sendo renovada. Entre 2011 e junho de 2017, 90 novos trens foram entregues à população paulista. As novas unidades possuem monitoramento com câmeras internas e externas, acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e ar condicionado – o índice de trens com o sistema de refrigeração passou de 33% para 76% nos últimos seis anos e meio.

VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS –VLT DA BAIXADA SANTISTA

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da EMTU, investiu R$ 1,3 bilhão e levou à Baixada Santista o primeiro VLT do estado.

A fase de testes do VLT começou em abril de 2015 e o Centro de Controle Operacional – CCO foi entregue em junho de 2016. A operação comercial, de 11,5 km de extensão, teve início em 31 de janeiro de 2017. Há integração com 37 linhas de ônibus intermunicipais, beneficiando cerca de 2 milhões de habitantes que utilizam o sistema.

CORREDOR METROPOLITANO GUARULHOS-SÃO PAULO

Guarulhos, o segundo município mais populoso do estado, tinha déficit de mobilidade e um sistema de transporte público que dependia demais de uma única via: a Dutra. O novo corredor foi projetado justamente para reestruturar esse serviço na região.

O primeiro trecho, entre os terminais Cecap e Taboão, foi entregue ainda em 2013. Em agosto de 2015, concluiu-se o segundo trecho, entre Cecap e Vila Galvão. No total, foram investidos R$140 milhões no corredor de 16 km, que transporta, em média, 36 mil passageiros por dia.

CORREDOR METROPOLITANO BILÉO SOARES

Quando concluído, o corredor terá 47,4 km e interligará de modo seguro e rápido as cidades de Campinas, Hortolândia, Sumaré, Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d’Oeste, que, juntas, formam um dos mais importantes polos de crescimento econômico do país.

Até agora, os 19,7 km de infraestrutura viária e instalações já implantadas entre Campinas, Hortolândia e Sumaré trouxeram rapidez, conforto e segurança para mais de 100 mil passageiros/dia no principal eixo do transporte intermunicipal da Região Metropolitana de Campinas.

INTEGRAÇÃO TARIFÁRIA DO CARTÃO BOM

O Cartão BOM – Bilhete do Ônibus Metropolitano, que já permitia a integração física entre usuários de ônibus intermunicipais, CPTM e Metrô, a partir de 2014 deu mais um salto ao realizar a integração tarifária entre os diferentes tipos de transporte, com descontos que chegam a 25,7% no preço total da passagem. Na prática, isso significa que os passageiros passaram a pagar R$ 1,50 a menos por viagem na integração entre EMTU e trilhos na RMSP.

 

 

Serviços e informações

SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS

Rua Boa Vista, 175, Bloco A, do 10º ao 15º andar – CEP 01014-001 – São Paulo (SP)

Telefone: 0800 724 0555

Visitar site

Mais ações de governo