Cultura

Cultura

Com uma série de projetos inovadores e conectados às necessidades e interesses da população, a Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo busca criar e implantar políticas públicas para ampliar o acesso aos bens culturais, o fomento à produção cultural e a valorização do patrimônio cultural paulista.

Entre as instituições culturais administradas pela Secretaria de Cultura, há espaços dedicados à arte, à história e ao patrimônio imaterial brasileiro, como a Pinacoteca do Estado, o Museu de Arte Sacra e o Museu da Imagem e do Som, bem como museus históricos, como o Museu da Imigração e o Museu do Café, em Santos.

Os museus do Estado são importantes agentes de difusão e preservação do patrimônio cultural, com destaque para o Museu da Língua Portuguesa (atualmente fechado para restauração), o Museu do Futebol, o Museu Catavento e o Museu de Arte Contemporânea (MAC USP), inaugurado em 2012 na antiga sede do DETRAN.

Para garantir incentivo à produção cultural, o ProAC ICMS oferece benefício fiscal a quem patrocina ações na área da Cultura. Já o ProAC Editais realiza editais para as mais diferentes áreas, como dança, teatro, cinema e circo.

No Portal Transparência Cultura (http://www.transparenciacultura.sp.gov.br/) é possível acompanhar registros referentes a repasses e transferências de recursos financeiros, detalhes sobre procedimentos licitatórios e todos os contratos de gestão celebrados com Organizações Sociais de Cultura, além de relatórios, estudos e pesquisas. Já a Plataforma SP Estado da Cultura (http://estadodacultura.sp.gov.br/) apresenta informações relacionadas à programação cultural paulista, com ênfase nas iniciativas realizadas em parceria com Organizações Sociais ou por meio de fomento à cultura.

Veja abaixo as principais realizações do Governo do Estado na Cultura:

PROGRAMAS E AÇÕES

PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL – PROAC

Lançado em 2006, o PROAC é essencial no estímulo às produções artísticas, assim como na geração de empregos no setor da economia criativa.

Nos últimos sete anos (2011/2017), somadas as duas modalidades do Programa (ProAC ICMS e ProAC Editais), foram destinados R$ 1.022.140 à produção cultural no estado de São Paulo.

PROJETO GURI

Criado em 1995, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos musicais a crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos.

Atualmente o projeto atende mais de 64 mil alunos nos 385 polos de ensino espalhados por todas as regiões do estado. Nesses locais são ministrados cursos de iniciação musical, canto coral e de instrumentos como violão, violino e percussão, entre outros. De 2011 a 2016, o Projeto Guri recebeu mais de 324 mil crianças e adolescentes.

FÁBRICAS DE CULTURA

Crianças, jovens e adultos de dez bairros da periferia paulistana ganharam, entre 2011 e 2017, modernos equipamentos culturais que oferecem aulas e atividades gratuitas em diversas linguagens artísticas: são as Fábricas de Cultura.

Os bairros que receberam o programa foram aqueles com maiores índices de vulnerabilidade juvenil, de acordo com estudos da Fundação Seade sobre demografia, violência e frequência escolar. São eles: Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Jardim São Luís, Vila Nova Cachoeirinha, Parque Belém, Capão Redondo, Jaçanã, Cidade Tiradentes e Brasilândia.

Desde a inauguração da primeira Fábrica, na Vila Curuçá, em março de 2011, até dezembro de 2016, foi registrado um total de 3,5 milhões de matrículas de jovens e adultos em cursos de formação cultural.

Serviços e informações

SECRETARIA DO ESTADO DA CULTURA

Rua Mauá, 51 – 1º andar – Luz – CEP 01028-900 – São Paulo (SP)

Telefones: (011) 2627-8000 / (011) 3339-8000

E-mail: secretario@cultura.sp.gov.br

Visitar site

Mais ações de governo