Casa Militar

Casa Militar

O Governo do Estado de São Paulo trabalha incansavelmente para minimizar os efeitos causados pelas temporadas de chuvas. Para isso, a palavra de ordem é prevenção – posta em prática pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil (Cedec), que tem a missão de gerenciar todas as ações humanitárias, técnicas, logísticas e, sobretudo, de capacitação de novos agentes, nos 645 municípios paulistas.

Outro instrumento importante de trabalho da Codec é a celebração de convênios com os municípios. Por meio deles, o Governo do Estado garante verba para que as administrações municipais invistam em prioridades como saneamento básico, infraestrutura e saúde o ano inteiro.

A Casa Militar foi efetivamente criada em setembro de 1931, depois da reorganização da Secretaria do Palácio do Governo pelo Interventor Federal Dr. Laudo Ferreira de Camargo, passando a ser vinculada diretamente ao chefe do Poder Executivo. Em 1960, o Governador Carvalho Pinto pela primeira vez impôs à Casa Militar a missão de segurança física dos palácios do governo e do gabinete do governador.

Em 1975, o Governador Laudo Natel criou a Subchefia de Defesa Civil, uma iniciativa pioneira com o intuito de alocar os recursos necessários para auxiliar os municípios em casos de emergências oriundas de desastres. Em 1976, no governo de Paulo Egydio Martins, a Defesa Civil ganhou ainda mais força, e a coordenadoria das ações assistenciais, preventivas e recuperativas recaiu sobre a figura do Chefe da Casa Militar.

Programas e Ações

Defesa Civil do Estado

A Defesa Civil do Estado direciona seu foco na prevenção e nos sistemas de alerta para os municípios, sempre de maneira integrada com outros Estados, Secretarias de Estado, Autarquias, Fundações e Organizações Privadas. As atividades abrangem limpeza de córregos, desassoreamento de rios e auxílio para que municípios atingidos pelas chuvas possam retornar à normalidade. Para aumentar a eficácia dos Planos Preventivos de Defesa Civil, o órgão trabalha com o Instituto Geológico para elaborar mapeamentos que auxiliarão a identificar áreas de risco e ajudar na coordenação de ações objetivas e recuperativas.

É uma atividade permanente que se desenvolve através de cinco fases: prevenção (quando medidas são adotadas visando evitar a ocorrência de desastres); preparação (capacitação e treinamento dos agentes públicos e da população para atuar frente a eventos inevitáveis); mitigação (busca constante pela minimização de riscos e desastres em todas as demais fases); resposta (se divide em socorro, quando todo o esforço é feito no sentido de evitar perdas humanas ou patrimoniais na área atingida por desastres, e assistência, quando são criadas condições de abrigo, alimentação e atenção médica e psicológica às vítimas e desabrigados); recuperação (quando investimentos são feitos objetivando o retorno, no mais curto espaço de tempo possível, da normalidade e, simultaneamente, prevenindo ou buscando minimizar as consequências de futuros desastres).

Prevenção integrando os 645 municípios

A Defesa Civil do Estado organizou e promoveu, entre 2011 e 2015, várias palestras educativas sobre suas atividades. Uma das ações de destaque é a liderança do Estado de São Paulo na campanha das Nações Unidas “Construindo cidades Resilientes: Minha cidade está se preparando”. Graças a isso, o Escritório das Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres reconheceu São Paulo como modelo no enfrentamento a desastres naturais. São mais de 380 cidades participando da iniciativa e se comprometendo a implantar um sistema integrado de gestão e prevenção de riscos de desastres naturais.

Sistema de Alerta de Inundações de São Paulo

Uma parceria firmada com o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) permite ao Centro de Gerenciamento de Emergências monitorar, em tempo real, dados telemétricos e fluviométricos em diversas bacias hidrográficas por meio de software desenvolvido em parceria com o Sistema de Alerta de Inundações de São Paulo.

Game educativo

O curso “Defesa Civil: A Aventura” foi desenvolvido em formato de game, em parceria com a Escola Virtual de Programas Educacionais do Estado de São Paulo (EVESP), e está disponível para crianças e adolescentes por meio de uma plataforma lúdica, atrativa e dinâmica. Priorizar a prevenção e incitar a consciência de que os hábitos individuais influenciam o ambiente coletivo são mensagens reforçadas aos jovens durante o curso, com o objetivo de transformar o aluno em elo de prevenção de riscos, devido ao seu potencial de multiplicação do conteúdo na comunidade.

Serviços e informações

SECRETARIA DA CASA MILITAR

Av. Morumbi, 4.500 – térreo – CEP 05650-905 São Paulo – São Paulo (SP)

(011) 2193-8303

E-mail: cmilitar@sp.gov.br

 

Visitar site

Mais ações de governo